segunda-feira, 9 de março de 2015

Santa Cruz é derrotado pelo Salgueiro e deixa o G4 do Pernambucano

Tricolor não consegue reagir depois de levar um gol do Carcará / FPF/Divulgação

Tricolor não consegue reagir depois de levar um gol do Carcará

FPF/Divulgação

Em um jogo com poucas finalizações, o Santa Cruz não conseguiu quebrar o jejum de quatro anos sem vencer o Salgueiro no Cornélio de Barros. Pior. Neste domingo, o tricolor não apresentou poder de reação e acabou derrotado pelo Carcará por 1x0, em partida válida pela 7ª rodada do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano. Com o resultado, o time coral, que tem sete pontos, perdeu uma posição na tabela e deixa o G-4 do certame, figurando agora em 5º. Já o Salgueiro soma oito pontos e deixa lanterna para assumir o 3º lugar da classificação.
Na partida deste domingo, o técnico Ricardinho promoveu três alterações. O lateral-direito Moisés deixou a equipe para a entrada do volante Bileu, que atuou improvisado no setor. Renatinho, lesionado, cedeu seu lugar na lateral-esquerda para Léo Veloso. Por último, o meia Guilherme Biteco foi sacado, enquanto o volante Bruninho fez sua estreia pelo tricolor. Com esta escalação, Raniel e João Paulo ficaram responsáveis pela criação, enquanto Waldison e Betinho comandaram o ataque.
A formação, no entanto, pouco fez efeito. Isso porque o Salgueiro foi eficiente ao fechar a marcação. O Santa Cruz, por outro lado, não conseguiu produzir uma jogada sequer nos minutos iniciais. Quando não era interceptado pela rival, o tricolor esbarrava nos erros de passe. O resultado do jogo truncado foi que, até os 15 minutos, a equipe comandada por Ricardinho não conseguiu levar perigo ao gol do Carcará.
Aos 18, porém, Rodolfo Potiguar perdeu a bola no meio de campo e cedeu boa jogada para Santa Cruz. De longe, Betinho chutou por cima da meta do Salgueiro. Logo em seguida, aos 24, Rogério tentou cortar, mas Waldison ficou com a sobra, ajeitou e chutou. A bola acabou desviando novamente no zagueiro e, no rebote, Waldison arriscou para fora.
No início do segundo tempo, Ricardinho promoveu duas alterações de uma vez só: Bruninho e Betinho deixaram o campo em detrimento da entrada de Emerson Santos e Anderson Aquino. Na teoria, as mudanças trariam maior dinamicidade ao meio de campo do Santa Cruz. Na prática, o time continuou pecando no setor de criação. Posteriormente, o meia Biteco também entrou, mas não conseguiu resolver os problemas corais.
Aos 29, foi o Salgueiro que observou um brecha na marcação e abriu o placar no Cornélio de Barros. Na jogada, Lúcio avançou pela esquerda, observou Cássio mais à frente e fez o lançamento. O meia cruzou na área e Anderson Lessa confirmou a vitória do Carcará.

FONTE: JC ONLINE

 http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/esportes/santa-cruz/noticia/2015/03/08/santa-cruz-e-derrotado-pelo-salgueiro-e-deixa-o-g-4-do-campeonato-pernambucano-171366.php

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...