segunda-feira, 3 de junho de 2013

EDUARDO CRITICA PROPOSTA DE REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

Foto: Aluisio Moreira/divulgação
Em sabatina assistida por jovens de classe média, o governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB) classificou como "lenga-lenga" a proposta de reduzir a maioridade penal. "Isso é conversa para boi dormir", criticou, defendendo que a queda de crimes praticados por crianças e adolescentes deve ser atingida com a cobrança de gestores públicas e dando oportunidades.
Não vai dar para fazer mais do mesmo, diz Eduardo, em sabatina com estudantes

O socialista foi sabatinado por estudantes de jornalismo durante a Conferência Vox, realizado pela ONG Novo Jeito, que ocorreu no Centro de Convenções, em Olinda, na noite deste domingo (2).

"É um bocado de enrolão (quem defende a redução). Não resolve. Vai baixar para 15 anos, 14 anos, 10 anos. Aí quando chegar em 10 vão achar que tem que baixar para nove...", opinou.
Questionado sobre mobilidade, saúde, educação, sustentabilidade e política, o governador aproveitou para divulgar seu governo.

PARTIDO - Em entrevista à imprensa após o evento, Eduardo Campos não comentou as declarações do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), que, em entrevista ao Correio Braziliense, disse: "Boa parte das manifestações pró-Eduardo não são sinceras, são joguetes. Então, Eduardo, a meu juízo, tem sido usado por muitos para fazer ciúme"

Fonte: Blog de Jamildo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Argentina é surpreendida pela Arábia Saudita na estreia na Copa do Catar

  A estreia da Argentina na Copa não poderia ter sido pior - ou poderia. A seleção que foi campeã do mundo em 1978 e 1986 levou 2x1 de vir...