terça-feira, 14 de abril de 2015

Situação curiosa: Partido em Limoeiro é situação e oposição ao mesmo tempo

Em Limoeiro, partido é situação e oposição ao mesmo tempo.
O PROS, Partido Republicano da Ordem Social, cuja sigla é 90, foi fundado em 2010 e obteve o registro definitivo no TSE em 2013. O PROS já atua em várias cidades no Brasil, uma delas, em Limoeiro, sendo inclusive, o partido do prefeito Thiago Cavalcanti.

Mas o PROS em Limoeiro vive uma situação curiosa, pois parte dos membros são da base governista, e existe também outra parte oposicionista. Dos 13 vereadores, 9 são do PROS: Daniel do Mercadinho, Eraldo do Codesul, Hilton, Zélia de Ribeiro do Mel, Zé de Nena (Governo) e o presidente da Câmara, Zé Félix, Beto de Washington, Luiz do Matadouro e Manoel do Sindicato (Oposição).

Com essa situação curiosa, o PROS na cidade está divido entre situação e oposição. Vale dizer que esses nove vereadores se filiaram ao partido ao mesmo tempo, mas quatro deles romperam com o Governo Municipal no ano passado.

Tudo indica que no mês de maio, a situação do partido deverá ser resolvida, mas ainda não temos informação de quem poderá deixar o partido: se os governistas ou os oposicionistas. 

Qual será o futuro do PROS para 2016? O partido apoiará Thiago Cavalcanti ou marchará na base de oposição? Aguardemos os próximos capítulos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcelo Motta declara apoio à Marília Arraes

  Ex-vice-prefeito de Limoeiro, Marcelo Motta (Avante) é mais uma liderança a declarar apoio à pré-candidatura de Marília Arraes (SD). Mot...