sexta-feira, 31 de maio de 2013

TUCANOS COBRAM DAS EMPRESAS DE TELEFONIA SOLUÇÕES PARA PROBLEMAS NO SETOR


Comissao de fiscalizacao_ foto Luis Macedo Ag CamaraBrasília – Representantes das empresas de telefonia do país foram ouvidos nesta quarta-feira (29) em debate promovido pelas comissões de Fiscalização Financeira e Controle e de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. Durante o encontro, foi debatida a qualidade dos serviços oferecidos pelas operadoras. Muitos consumidores têm demonstrado insatisfação com as companhias.
Vanderlei Macris (SP) destacou a importância da presença das operadoras e representantes do governo federal e citou que, como parlamentar, cumpre o dever de acompanhar, fiscalizar e sugerir soluções, sendo o debate oportuno para entender a situação da telefonia no país. Macris ressaltou a privatização das telecomunicações. “A privatização das telecomunicações no Brasil foi um momento importante na vida do país. Os resultados estão aí. Agora há muito que se fazer, a demanda aumentou consideravelmente. Na minha opinião, os investimentos ficaram para trás”, lamentou.
Macris lembrou que a economia brasileira precisa ter uma infraestrutura preparada. “Caso contrário nós vamos ter que andar com o pé no breque. Com o freio de mão puxado e a economia se arrastando”, disse.
Pesquisa divulgada recentemente pela Anatel sobre satisfação dos serviços de telefonia móvel constatou que, dos 200 mil consumidores ouvidos, 85% estão satisfeitos. Macris contestou: “Eu tenho a impressão que se formos consultar aqui todos os que estão presentes, não acredito que teremos 85% de satisfação. Acho o contrário. O nível de satisfação da telefonia móvel foi lido de maneira incorreta”, comparou.
Macris solicitou ao presidente da Anatel que esclareça o resultado da pesquisa, a fiscalização das operadoras, detalhes do plano de investimentos e o andamento do serviço de banda larga 4G.
Para o deputado Carlos Brandão (MA), a audiência servirá para dá uma resposta à sociedade. Brandão destacou o grande aumento de aquisição de celulares pelos brasileiros, mas lembrou que as empresas de telefonia não estão investindo adequadamente. “O TCU criou duas secretarias para acompanhar reclamações e cobranças da área da telefonia. No Procon, é o campeão de reclamações. Na prática, o resultado da pesquisa é difícil de se acreditar”, ressaltou.
Estiveram presentes no evento os representantes do Ministério das Comunicações, Tribunal de Contas da União, da Anatel e das operadoras de telefonia Claro, Tim, Oi, GVT e Vivo, e ainda o membro da Embratel.
Do Portal do PSDB na Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Zé Nilton recebe apoio da família Pestana

  Em encontro realizado nesta sexta-feira (19), o vereador Zé Nilton, em sua pré-candidatura à reeleição, recebeu apoio da família Pestana, ...