quinta-feira, 16 de maio de 2013

PREFEITURA DE LIMOEIRO APRESENTA POSSIBILIDADES DE LOCAIS PARA SÃO JOÃO

Crédito da Foto | Jair Ferreira (Blog Folha de Limoeiro)
Reunido com a imprensa local na tarde desta quarta-feira (15), o prefeito de Limoeiro, Ricardo Teobaldo, apresentou aos profissionais da comunicação os locais que poderão comportar as estruturas do polo junino do município. Nas edições anteriores, o evento vinha sendo realizado na Praça da Bandeira, mas devido a uma decisão judicial não poderão mais acontecer naquele local. “Ordem judicial não se discute, se cumpre. A praça vem sendo o melhor local, mas nada posso fazer”, comentou Ricardo.

De acordo com o gestor municipal, com o impedimento e a ampla estrutura exigida pelas atrações e polos, a exemplo de palhoças pé de serra, arena de quadrilhas, vila cenográfica e praça de alimentação, vários locais foram visitados e apenas dois apresentaram medições adequadas. A primeira opção será na Avenida Capibaribe, as margens do Rio Capibaribe. A outra opção será o Parque de Exposição Dr. Emídio Cavalcanti (Parque de Exposições de Animais), as margens da PE-50.

Teobaldo afirmou que caso a avenida não apresente estrutura que atenda as necessidades, os festejos juninos seguem para o parque. Durante o encontro com a imprensa, ele também destacou que as comemorações serão de grande porte, o que consequentemente deve atrair grande público para cidade. “Vamos fazer um dos maiores festejos juninos do Estado. Precisamos garantir uma ampla estrutura para comportar as atrações e o grande público”, destacou Ricardo.

Indagado pelos comunicadores sobre as atrações, o prefeito disse que divulgará até a próxima segunda-feira (20) em coletiva de imprensa. No dia primeiro de junho durante o Encontro dos Amigos de Limoeiro, no Restaurante Sal e Brasa, em Recife, a prefeitura de Limoeiro – como nos últimos dois anos – fará o lançamento da programação a nível de Estado. (Blog do Agreste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alemães presos por fazerem saudação nazista em frente à casa onde nasceu Hitler

  Quatro cidadãos alemães foram presos em Braunaum am Inn, na Áustria. Eles estavam prestando homenagens ao ditador Adolf Hitler, em frente ...