domingo, 16 de novembro de 2014

Sport encara o Atlético/PR na Arena da Baixada

Joelinton (centro) forma dupla ofensiva ao lado de Mike / Alexandre Gondim/JC Imagem

Joelinton (centro) forma dupla ofensiva ao lado de Mike

Alexandre Gondim/JC Imagem

A cinco rodadas do encerramento da Série A do Campeonato Brasileiro, o Sport inicia uma sequência complicada de dois confrontos fora de casa. Neste domingo, o Leão enfrenta o Atlético-PR com a difícil missão de quebrar o jejum de quase seis meses sem vencer longe de seus domínios. Para isso, o técnico Eduardo Baptista promoveu mudanças na escalação e na postura do time. A partida, válida pela 34ª rodada do Nacional, será disputada na Arena da Baixada, em Curitiba, às 16h (horário do Recife).
O principal problema do Sport são os cinco desfalques no setor ofensivo. Leonardo, Neto Baiano, Érico Júnior e Ananias estão no departamento médico, enquanto Felipe Azevedo cumpre suspensão automática devido ao terceiro cartão amarelo. Portanto, o comandante rubro-negro aposta na jovem dupla ofensiva formada por Joelinton e Mike para buscar os três pontos no Paraná.
Diego Souza, por sua vez, volta a atuar como armador do time, cadenciando as jogadas pela esquerda – antes, ele vinha atuando como homem de referência da equipe. “No melhor momento dele no Vasco, Diego atuou pela esquerda armando o jogo e é onde ele se sente bem. Ali, ele se sente mais à vontade para armar, para jogar e para vir para dentro também (da grande área adversária). Ali, ele tem total liberdade”, explicou Eduardo Baptista.
É justamente com essa formação ofensiva que o Sport pretende conquistar o triunfo e se afastar ainda mais da zona de rebaixamento. Atualmente, o Leão tem 41 pontos e está na 12ª. O Atlético-PR tem situação mais confortável na tabela: são 46 pontos que o colocam na 9ª colocação.
Mas não basta mudar a equipe em campo. Para garantir a vitória, o time rubro-negro também mudou a postura. A estratégia é fechar a marcação e investir nos contra-ataques. O técnico explica a proposta. “Este é um jogo difícil. É um time que vem de quatro ou cinco bons resultados. O Atlético-PR está conseguindo repetir a escalação por muitos jogos seguidos. Isso tem um valor muito grande. A gente vai armado com uma marcação. Por outro lado, nós colocamos atletas com uma saída rápida para tentar surpreender e chegar ao gol”, concluiu o técnico.
Eduardo Baptista acredita que mais cinco pontos livram o Sport do rebaixamento. Para ele, o time ainda entra na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana se alcançar 48 pontos. Essas são, portanto, as metas do Leão nesta reta final do Brasileirão.

FONTE: JC ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...