domingo, 16 de novembro de 2014

Santa Cruz perde para o Bragantino por 2x1 pela Série B

Tricolor não teve força para segurar a vantagem e perdeu o jogo /

Tricolor não teve força para segurar a vantagem e perdeu o jogo

O Santa Cruz mais uma vez deixou escapar a chance de entrar no G-4 ao perder de virada por 2x1 para o Bragantino, neste sábado (15/11), no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP, pela 35ª rodada da Série B. Antes, o tricolor havia desperdiçado a oportunidade de chegar ao grupo de acesso à Série A diante do América-RN, mas foi derrotado por 1x0 e só empatou sem gols diante do Náutico. Agora, são três partidas sem vencer. O time caiu da 7ª para 9ª colocação com 52 pontos. O Braga chegou aos 42 pontos e deu um passo importante para fugir do rebaixamento à Série C.
Como era esperado, o técnico Oliveira Canindé escalou o zagueiro Everton Sena na lateral direita para dar liberdade ofensiva a Tony. A mudança deu resultado logo aos quatro minutos. O meia Wescley lançou Tony, que escapou e cruzou para o meia Danilo Pires, de peixinho, cabecear e fazer 1x0.
O gol surpreendeu o Bragantino. Assim, o tricolor passou a usar os contra-ataques. Aos 14, Tony voltou a avançar pela direita. Ele entrou na área e bateu cruzado, mas a bola passou rente a trave. No entanto, a partir dos 20 minutos, o time coral recuou muito. O atacante Adílson e Keno foram anulados. Com espaço, o Braga foi ao ataque. Aos 40, o meia Luisinho escapou pela direita e cruzou na área. O atacante Leo Jaime aproveitou e bateu para fazer 1x1, sem defesa para Tiago Cardoso.
No segundo tempo, Canindé tentou mudar a situação. O volante Memo entrou no lugar de Everton Sena e Betinho ocupou a vaga de Adílson. O Santa partiu para cima. Aos 13, o zagueiro Alemão, de barriga, mandou a bola na trave do goleiro Matheus. Em seguida, Wescley penetrou na área e chutou para fora um boa chance. Depois, aos 18, Memo arriscou de fora e a bola passou perto da trave.
Depois dessa pressão inicial, o Santa Cruz caiu de rendimento. O Bragantino voltou a atacar. Aos 20, o lateral Bruno Recife cobrou falta do lado esquerdo. O volante Geandro subiu sozinho e de cabeça fez 2x1. Três minutos depois, o meia Sandro cobrou e escanteio e o zagueiro Tobi, também de cabeça, acertou a trave de Tiago Cardoso.
Com o passar do tempo, o tricolor não conseguiu de organizar ofensivamente. Nem mesmo a entrada do atacante Cassiano no lugar de Memo resolveu a situação. Ainda, aos 51 minutos, nos acréscimos, o volante Bileu foi expulso ao atingir Sandro. Agora, o Santa terá dois jogos seguidos em casa contra o Sampaio Corrêa, terça-feira, e Avaí, no sábado. O time precisa vencer para se manter vivo na briga pelo G-4.
FICHA DO JOGO
Bragantino: Matheus; Samuel, Tobi, Leonardo Moura e Bruno Recife; Geandro, Uchôa (Marcos Paulo), Luisinho (Erick) e Sandro; Leo Jaime (Caio) e Caboré. Técnico: André Gaspar.
Santa Cruz: Tiago Cardoso; Tony, Alemão, Renan Fonseca e Nininho; Everton Sena (Memo) (Cassiano), Danilo Pires e Wescley; Adílson (Betinho) e Keno. Técnico: Oliveira Canindé.
Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP. Árbitro: Diego Almeida Real (RS). Assistentes: Marcelo Barison e José Silveira (RS). Gols: Danilo Pires, aos 4, Leo Jaime, aos 40 minutos do 1º tempo, Geandro, aos 20 do 2º. Renda e público: não divulgados. Cartões amarelos: Alemão, Everton Sena, Danilo Pires (S), Bruno Recife, Sandro, Leo Jaime, Caio (B). Expulsão: Bileu (Santa, aos 51 do 2º tempo).

FONTE: JC ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...