segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Limoeiro se despede de Carlos Alfeu

O fim de semana foi um dos mais tristes de Limoeiro. Uma multidão acompanhou o cortejo fúnebre do radialista Carlos Alfeu, da Rádio Jornal Limoeiro, que faleceu na última quinta-feira (13) após sofrer um infarto agudo no miocárdio. O corpo chegou no sábado, e seguiu em cortejo que passou pelo Alto de São Sebastião e Rua da Alegria, pela Av. Santo Antônio, Dr. José Cordeiro, Bairro São Jorge, Rua Santa Cruz e Rua da Matriz até chegar na sede do Centro Limoeirense, onde o corpo seria velado.

Parentes, familiares e amigos lotaram a sede do Centro para prestar suas últimas homenagens. O velório se estendeu até o dia seguinte, á tarde. Por volta das 16h, após uma missa de corpo presente, o corpo saiu da sede do Centro e seguiu em cortejo fúnebre até o Cemitério São João Batista, onde foi sepultado, ao som de músicas como "Segura na Mão de Deus" e "Despedida", de Roberto Carlos. Ao chegar no cemitério, o momento mais emocionante. Depoimentos e mais depoimentos. No momento do sepultamento, muitos aplausos, e pessoas repetiam os bordões do radialista, entre eles, o "Eita, Padre", o "E é assim, é?" e o "Abafa o caso".

Confira as fotos desde a chegada do corpo até o sepultamento:































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alemães presos por fazerem saudação nazista em frente à casa onde nasceu Hitler

  Quatro cidadãos alemães foram presos em Braunaum am Inn, na Áustria. Eles estavam prestando homenagens ao ditador Adolf Hitler, em frente ...