sábado, 8 de novembro de 2014

A Campanha Eleitoral ainda não acabou

PT x PSDB: Briga política ou clássico de futebol? (Foto do Google).
No dia 26 de outubro, Dilma Rousseff (PT) foi reeleita presidente, derrotando Aécio Neves (PSDB), sendo assim, acabou a campanha,  e os palanques foram desmontados,  certo?

Errado. O que mais se vê nas redes sociais é que a campanha ainda não acabou. Não é difícil ver petistas atacando tucanos e tucanos atacando petistas. A mais recente polêmica se refere ao aumento da gasolina,  anunciado pelo Governo. Tão logo isso aconteceu, a oposição  reagiu,  acusando a petista de ter enganado o povo para ganhar a eleição.

Já os petistas rebatem, acusando o PSDB de ter quase quebrado o país, durante os dois mandatos do presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2003). Os tucanos rebatem, dizendo que o Brasil sofreu um  aparelhamento estatal nos dois governos de Lula (2003-2011) e Dilma, sua sucessora.

Na rede social Facebook, ainda é possível ver tucanos pedindo o Impeatchment da presidente Dilma, e decepcionados com  a opinião de Aécio Neves e Geraldo Alckmin - que se declararam  contra a expulsão da presidente do cargo. Outra minoria pede ainda a Intervenção Militar, embora isso não seja uma bandeira do PSDB, mas uma pequena parte dos que  votaram no Aécio pedem que os militares intervenham "pra colocar tudo em ordem e expulsar os corruptos do poder". A ida de José Dirceu para a prisão domiciliar e o Escândalo da Petrobras ainda são muito explorados pelo PSDB. Isso na data de hoje, quinze dias  após o pleito. A recente  pesquisa que  indicou que a miséria voltou a crescer e a volta da inflação também são explorados pelos tucanos. O PSDB ainda pediu auditoria nas eleições, sugerindo uma recontagem dos votos, que foi negado pelo TSE.

Os petistas rebatem, fazendo o que fizeram durante toda a campanha. Fazem comparações de números dos governos FHC e Lula, com vantagem sempre  para o petista, quando se trata de avanços sociais,  principalmente.

Nem mesmo o senador José Sarney escapou dessa campanha pós-eleição: o senador que apoiava oficialmente Dilma,  acabou votando em Aécio "por gratidão a Tancredo", provocando uma grande polêmica.

Como podemos ver, os palanques ainda não foram desmontados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...