segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

"ESTÁ SENDO UMA EXPERIÊNCIA MARAVILHOSA, A REALIZAÇÃO DE UM SONHO", CONTA HELENA AROUCHA, QUE ESTÁ NO CANADÁ


Helena Aroucha, aluna selecionada pelo "Programa Ganhe o Mundo", do Governo do Estado, está há quase seis meses no Canadá participando do curso de intercâmbio junto com vários outros colegas pernambucanos (Foto: Facebook/Reprodução) 
Da redação do Blog
maiscasinhas@yahoo.com.br

A estudante pernambucana Maria Helena Aroucha dos Santos, de 16 anos, bateu um papo exclusivo com o Blog, há poucos dias atrás, direto de Kelowna, no Canadá. Como eu já havia divulgado anteriormente, a jovem foi selecionada pelo programa de intercâmbio "Ganhe o Mundo", que se constitui hoje numa das iniciativas mais aplaudidas do Governo Eduardo Campos na área da Educação.

Para se ter uma ideia, desde o mês de agosto do ano passado, 552 alunos da rede estadual de ensino embarcaram para os Estados Unidos e o Canadá, onde permanecem durante um período letivo estudando inglês e conhecendo a cultura local. Para isso, cada um recebe uma bolsa mensal no valor de US$ 300 dólares, o equivalente a, aproximadamente, R$600. Para se qualificar para o intercâmbio, os alunos contam com um reforço diário nas disciplinas de língua estrangeira.

Os aprovados no intercâmbio têm que obedecer aos seguintes requisitos: participar das turmas do curso intensivo de línguas iniciadas em 2011; ter alcançado média mínima de 7 pontos no desempenho escolar nas disciplinas de português e matemática, bem como no curso; ter obtido frequência mínima de 80% nas aulas regulares e no intensivo; não ter sido reprovado em 2011; e possuir a idade mínima de 14 anos (até o mês do embarque da viagem) e no máximo 17 anos e 11 meses (até a data de retorno).
Foto: Facebook/Reprodução
Foto: Facebook/Reprodução
Foto: Facebook/Reprodução
Helena é filha da professora Edilma Santos. As duas residem atualmente na capital pernambucana, mas Edilma nasceu e viveu até a vida adulta na comunidade do Diogo, hoje pertencente ao município de Casinhas.

Sobrinha de um conhecido comerciante e desportista local, Edvaldo Santos, o "Pitôta", e neta do agricultor aposentado Cassiano Vicente dos Santos, a jovem intercambista viajou para o Canadá representando a Escola de Referência em Ensino Médio Santos Dumont (Recife).

Na entrevista que concedeu ao Blog, via Facebook, Helena falou das emoções de sua primeira estadia e experiência em um país de língua estrangeira, além do tratamento pra lá de especial que têm recebido na residência da família canadense onde está hospedada [“Eles são ótimos e compreensivos, me amam muito”] e da saudade dos parentes e amigos no Brasil [“Também tô morrendo de vontade de comer uma feijoada...”].
Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

Helena e suas "host sisters" (Foto: Facebook/Reprodução)
Acompanhe a entrevista:


Blog – Como está sendo essa experiência na sua vida? Foi realmente como você esperava, superou expectativas?
Helena – Está sendo uma experiência maravilhosa. Estou conhecendo e aprendendo uma nova cultura, meu inglês está bem melhor, e as pessoas daqui são incríveis. Aprendi muitos valores, como por exemplo, o de deixar minha família sempre em primeiro lugar na minha vida, ser mais responsável, ser mais dedicada, enfim, muitos e muitos outros. Foi muito mais do que eu esperava, a realização de um sonho.
Blog – Me fale do Canadá, como é que foi a primeira impressão com o povo daí? Faz realmente muito frio por aí?
Helena – Bom, neste momento está nevando muito (risos)! As pessoas são maravilhosas, todos respeitam as diferentes culturas que se entrecruzam por aqui. Os canadenses são muito receptivos, me receberam com muito amor e felicidade. Do melhor modo que puderam me proporcionar. Um amor sem igual. Eles me tratam como um parente querido da família. Me sinto bastante honrada por isso.

Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução
Blog – E a aprendizagem? Achei muito interessante essa ideia do governo de alojar os alunos em residências de famílias canadenses com o propósito de facilitar ainda mais o domínio da língua... E você?
Helena  A aprendizagem está sendo ótima! Eu me adaptei muito bem ao colégio daqui, estudo algumas matérias que estudava no Brasil também, mas o colégio é realmente bem diferente. Estou amando tudo isso. A família canadense é ótima e muito compreensiva, me ama muito. A rotina está sendo muito boa, mas sinto falta das comidas brasileiras, da agitação do povo brasileiro, que é sem igual! Mas estou gostando muito de conhecer e aprender uma nova cultura.

Blog – Falando em comida, me conte das iguarias daí... O que é que o canadense gosta de comer?

Helena – Na verdade, a comida canadense é muito diferente da comida brasileira. No almoço eles comem 'fast food', que é hamburguer, pão com queijo, às vezes macarrão. É no jantar que tem feijão e arroz, às vezes lasanha, pão, que são as comidas que os brasileiros comem no almoço. É bem diferente, mas tem muitas comidas gostosas. Eu gosto muito do chocolate e da pizza. Mas prefiro a comida brasileira.

Blog – E qual seria a comida brasileira que você quer saborear logo assim que chegar a Pernambuco?

Helena – Feijoada, com toda certeza!
Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução
Blog – Mas, me diga: o que você achou dessa iniciativa "arretada" do Governo de Pernambuco? Eu, particularmente, tirei o chapéu...
Helena  A iniciativa do governo de Pernambuco foi excelente! O programa proporcionará muitas oportunidades para o futuro de todos os jovens intercambistas que aprenderam o verdadeiro valor do estudante e da representação do Brasil no exterior.

Blog – Quando você retornará para o Brasil?
Helena – Viajo aqui do Canadá no finalzinho deste mês de janeiro, no dia 30, e chego ao Recife no dia 31, pois são dois dias de viagem.
Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução
Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

Fotos: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução
Blog – Quando você retornará para o Brasil?Helena – Viajo aqui do Canadá no finalzinho deste mês de janeiro, no dia 30, e chego ao Recife no dia 31, pois são dois dias de viagem.

Blog – Para finalizar, deixo você à vontade para enviar uma mensagem desejando um feliz ano novo pra sua família e seus amigos aqui da 'terrinha', primeiro em inglês, e depois traduzido em português. Pode ser?
Helena – Claro, com muito prazer! Vamos lá, primeiro em inglês: "Happy new years to all, I love you guys, stay with God". Traduzindo: "Feliz Ano Novo a todos! Eu amo vocês, fiquem com Deus". (FONTE: BLOG MAIS CASINHAS)
Foto: Facebook/Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Orlando confirma Zé de Nena como seu vice novamente e quebra tabu

  Na noite desta quarta-feira, em Limoeiro, o prefeito Orlando Jorge (Podemos) oficializou a escolha do atual vice-prefeito Zé de Nena Barbo...