segunda-feira, 12 de março de 2012

EXISTE HOJE DIREITA E ESQUERDA?

Quando éramos pequenos, costumamos ouvir dos nossos pais ou nos noticiários que Fulano era de direita, Sicrano era de esquerda, Beltrano era de centro. Mas existe isso hoje?

As expressões DIREITA e ESQUERDA surgiram na Revolução Francesa, para designar o lado de cada político. Na convenção, sentavam-se à direita aqueles que não desejavam mudanças e eram conservadores. Já à esquerda, sentavam-se aqueles que desejavam mudanças sociais. Classificou-se, então, DIREITA como conservador, defensor das elites, e ESQUERDA, como socialista, revolucionário, defensor dos pobres. Mais tarde, surgiria ainda a expressão CENTRO para designar aqueles que lutavam por uma justiça social sem destruir o capitalismo.

Essa expressão era forte no tempo da Guerra Fria, com os Estados Unidos (direita) de um lado e União Soviética (esquerda) de outro. No Brasil, o Regime Militar foi o divisor de águas. Direita era governo, esquerda era oposição. Mas com o fim do regime e da Guerra Fria, começou a haver uma mistura no Brasil. Vários políticos começaram a trocar de posição de acordo com o momento ou com a oportunidade.

Quando Figueiredo permitiu o funcionamento de partidos políticos, surgiram PDS, PL, PPR (da antiga ARENA) e outros de oposição: PMDB, PT, PDT, PSB, PCB, PCdoB, PPS, PSDB...

ARENA, que era do regime militar, se dividiu em três partidos: PDS (que depois viria a se chamar PFL), PPR (hoje, PP) e PL (hoje, PR). Todos os três partidos viriam mais tarde a se unirem à partidos até então de esquerda. O PFL, em 1994, fez aliança com o PSDB, que era uma dissidência do antigo MDB (partido da oposição ao regime militar). Já o PL viria a se aliar ao PT,  partido de operários, em 2002.

Como explicar que fazendo parte do governo Dilma, temos Sarney e Collor? José Sarney era membro ativo do regime militar, e Fernando Collor derrotou Lula em 1989, numa eleição marcada até por uma ajuda descarada da Rede Globo. Anos mais tarde, Collor se aliou ao Lula, quando ele já era presidente, e agora, apóia Dilma Rousseff.

Como explicar a "amizade" entre PPS e DEM (ex-PFL)? O PPS veio do antigo PCB, foi perseguido na ditadura, e o DEM era o partido da ditadura, sobre o nome ARENA.O PT, ao assumir o governo, promoveu justiça social, mas não abandonou as práticas do neoliberalismo. Quem esperava uma revolução socialista sob o governo Lula, se decepcionou profundamente.

Hoje, não existem mais direita e esquerda, mas sim, governo e oposição... essa é a verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...