segunda-feira, 26 de março de 2012

EDUARDO CAMPOS E JARBAS VASCONCELOS ALIADOS?

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) explicitou publicamente sua avaliação positiva sobre o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e selou a paz política entre ambos. Sinalizou também que podem firmar aliança em disputas futuras. Tudo isso foi registrado no “Poder e Política”, programa de entrevistas do UOL e da Folha, no qual Jarbas afirmou que seu antigo adversário faz uma boa administração.
Jarbas disse que Eduardo é um político nacional e potencial candidato a presidente da República nas eleições de 2018. A única ressalva do senador é sobre a proximidade do governador com o PT. “Para galvanizar eleitorado do Sul e se consolidar no Nordeste ele tem que sinalizar que as práticas dele são práticas diferentes das do PT. Porque Lula tem uma boa avaliação, mas o PT não tem essa avaliação”, disse Jarbas na entrevista, gravada na última 5ª feira (22.mar.2012).

O último enfrentamento direto entre Campos e Jarbas ocorreu em 2010, na eleição para governador de Pernambuco. Campos foi reeleito com 82% dos votos válidos. Jarbas teve só 15%. As relações ficaram estremecidas, mas há alguns meses começaram a se reaproximar, culminando com a entrevista do senador ao UOL e à Folha.
As declarações de Jarbas Vasconcelos tiveram ampla repercussão na imprensa Pernambucana. A “Folha de Pernambuco” e o “Jornal do Commercio” publicaram artigos analisando a reconciliação dos políticos e citando a entrevista ao “Poder e Política”.
O “Diário de Pernambuco” escreveu que Campos ficou “satisfeito” com os posicionamentos de Jarbas. O jornal também publicou no sábado (24.mar.2012) que o governador disse que “tomou conhecimento sobre o conteúdo da entrevista e que ficou surpreso com o desprendimento do adversário”.
O “Diário” ainda publicou um resumo sobre a ruptura de Jarbas e Eduardo. Segundo o jornal, a relação foi rompida em 1992, quando se enfrentaram na eleição para prefeito do Recife. Na ocasião, Jarbas venceu a disputa, mas desagradou Miguel Arraes, falecido líder do PSB e avô de Eduardo. A ideia de Arraes era fazer do neto vice de Jarbas.
A reconciliação entre Eduardo Campos e Jarbas Vasconcelos não é apenas uma questão paroquial, restrita a Pernambuco. Campos é um dos nomes mais citados no plano nacional para uma futura disputa pelo Palácio do Planalto. Sua reaproximação a um representante ilustre do PMDB é um passo relevante na construção de futuras alianças.

Blog do Fernando Rodrigues - site da UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...