sábado, 3 de março de 2012

ESPECIAL: CENTRO LIMOEIRENSE SONHA COM A ELITE DO FUTEBOL PERNAMBUCANO NO CENTENÁRIO


No próximo ano, o Centro Limoeirense completará cem anos de fundação. Uma marca histórica para qualquer entidade, ainda mais quando inserida no segmento do futebol, já que poucos clubes conseguem chegar vivos a essa marca. Nos últimos anos, a trajetória do alvirrubro limoeirense não registra grandes conquistas. Por exemplo, no ano passado, o clube ficou de fora da disputa da segunda divisão do Campeonato Pernambucana por apresentar problemas administrativos na inscrição de atletas. O nome do clube chegou a sair na tabela da competição, o que frustrou ainda mais os torcedores.

A última eleição da diretoria executiva também apresentou atribulações, com desistência de presidente após eleito e nova eleição realizada sem uma participação ativa dos sócios centristas como historicamente aconteceu. Mesmo com as dificuldades, os irmãos Jaelson Barbosa e Fábio Barbosa, este último ex-atleta do clube, assumiram a presidência e a vice, respectivamente, com o objetivo de recolocar o “Dragão” no cenário esportivo estadual. A última participação da equipe em uma competição oficial aconteceu em 2011, na Copa Pernambuco, quando o Centro Limoeirense alcançou bons resultados na primeira fase. Mas a falta de recursos financeiros e estrutura técnica não permitiram uma continuidade na competição. O vice-presidente, que também atuou como técnico da equipe, avaliou naquele momento uma boa participação “dentro do que se tinha em mãos para trabalhar”. A equipe foi formada por jovens promessas da região, após uma seleção rápida feita por “Fabinho”.

Para 2012, a participação do mais querido do interior na Série A2 do Pernambucano ainda não está definida. O Estádio José Vareda (Varedão), localizado no Bairro da Pirauíra, não desfruta de todas as condições físicas e de segurança exigidas pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF). A falta de um elenco também aparece entre as “barreiras” que os atuais dirigentes terão que enfrentar, além da falta de recursos financeiros e patrocinadores. Nos últimos anos, a prefeitura de Limoeiro tem contribuído com repasse de recursos, mas o que não garante todos os gastos durante a competição.

Sonho – Em dezembro do ano passado, o vice-presidente do clube recebeu, em Limoeiro, os integrantes da Performance, empresa de marketing que poderá trabalhar o nome do clube em busca de recursos e parceiros para o projeto empreendedor, intitulado de Projeto 100 Anos. Na ocasião, a primeira ação proposta pela empresa seria uma vistoria no Estádio José Vareda. Os marqueteiros querem deixar o campo do “Dragão” apto para receber jogos do campeonato.

O planejamento tem como meta profissionalizar atletas e fortalecer o elenco para a disputa. De acordo com Fabinho, alguns jogadores que se destacaram na última Copa Pernambuco serão aproveitados. A Performance focará, principalmente, o marketing para atrair investidores. As empresas parceiras na última competição serão contatadas para renovar o apoio. Segundo o vice-presidente, o contrato entre o clube e a empresa será em porcentagem do que entrar nos cofres do Centro Limoeirense.

Alfredo Neto Blog do Agreste
Matéria veiculada no Jornal Viver Notícias
Edição 95 - Fevereiro 2012
 
Fonte: Blog do Agreste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...