domingo, 4 de março de 2012

VILA DOURADA: A MENDIGA CEGA


Entre os moradores de rua de Vila Dourada, há uma mendiga que é cega de nascença. Seu nome é Bia. Trata-se de uma pessoa muito simples. Usa roupas maltrapilhas e vive descalça. Ela, apesar de viver nas ruas, tem um cachorro que a guia por todas as partes.

Certo dia, Bia chegou na lanchonete, querendo comer alguma coisa. Em dado momento, a Marcella, cheia de curiosidade, perguntou:
- Como você aguenta, sendo cega, viver assim na rua, sem teto?

Bia respondeu:
- Isso é o de menos! Mas a turma aí que enxerga tudo, e que tem casa, é muito problemática. Não se tem mais amor, não se tem mais fraternidade. As pessoas foram feitas para serem amadas e as coisas para serem usadas, mas a galera ama as coisas e usa as pessoas. Eu sou cega, não enxergo nada fisicamente, mas enxergo com a alma e vejo com o coração tudo de errado que está acontecendo. Moro nas ruas, não tenho casa, sofro com isso, mas pelo menos, eu tenho a consciência limpa...

Marcella ficou surpresa com a resposta da mendiga. 
Fonte: Blog Vila Dourada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...