sexta-feira, 27 de abril de 2012

PT X PT: RANDS DIZ QUE JOÃO DA COSTA É UM MENINO CHORÃO


No ato da manhã desta sexta-feira (27), o presidente da CUT, Sérgio Goiana, declarou apoio à candidatura de Rands nas prévias. No discurso, Rands chamou seu adversário de "menino chorando com dedo na boca", afirmando que o prefeito "se vitimiza".

O encontro aconteceu no Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações de Pernambuco (Sinttel-PE), onde o presidente da CUT, Sérgio Goiana; o presidente do Sinttel, Marcelo Beltrão Correia; e mais dez sindicatos do Recife declararam seu apoio pessoal à candidatura de Maurício Rands.

Em seu discurso intelectualizado, o petista falou até da sua tese de doutorado em Oxford. Além de valorizar seus estudos, Rands deu destaque  à sua história como advogado, em que defendeu o sindicato "em defesa dos trabalhadores."

Sobre a gestão, Rands disse que sua candidatura visa "retomar o modo petista de governar, com maior participação da classe trabalhadora". De acordo com Rands, João da Costa estaria ignorando a classe e seus sindicatos.

A informação foi confirmada pelo presidente da CUT, que disse ter esperado três anos para conseguir uma audiência com João da Costa. "Com Eduardo Campos nós conseguimos já no primeiro ano. Por acaso o prefeito é mais ocupado que o governador?"

O presidente também afirmou não representar toda a CUT. "Não é a CUT que apóia Maurício, sou eu. Mas é claro que eu, como presidente, represento uma maioria da Central Única de Trabalhadores", afirmou Goiana. O presidente também apontou o quanto esse apoio significa em números. "Temos quarenta diretores na CUT, dos quais cerca de 75% são filiados ao PT."

Apoio - Maurício Rands se aproveitou do lançamento do 3º Plano de Obras do Orçamento Participativo, na noite da última quinta-feira (26), para dizer que João da Costa não tem apoio.

"Nunca vi um prefeito tentar reeleição e estar tão isolado como está o atual prefeito. No ato de ontem, alguém viu alguma liderança política com ele? Durante a campanha para as prévias, alguém viu um nome forte com ele? Ele está isolado. O apoio que ele supostamente recebe vem dos cargos comissionados. As pessoas dizem que apoiam por medo de perder o cargo. Não podemos confundir militante com ocupantes de cargos comissionados."

Rands confirmou também que Pedro Eugênio, presidente estadual do PT, só não disse em público que apóia alguma campanha por uma questão ética. Mas, de acordo com o deputado, Eugênio teria dito que se orientava politicamente com a candidatura de Rands.

Em seguida, puxou a sardinha para a sua campanha. "A minha candidatura é dos que têm consciência política. A minha campanha não é das pessoas que se juntam por medo de perder cargos ou por interesses materiais. Precisamos resgatar os verdadeiros valores do PT."

Maurício demonstrou por várias vezes negar que sua candidatura seja a de um judas petista. "Não é uma cospiração contra o prefeito. Quando reunimos movimentos sindicais, de cultura, de saúde, de educação e ainda a maioria dos diretórios municipal e estadual, é porque muita gente quer uma mudança no poder municipal."

Chorão - Rands aproveitou o embalo e criticou o fato de João da Costa e seus militantes ficaram se vitimizando, acusando o grupo de Maurício de traidores, quando deveriam admitir as falhas de sua gestão.

"Em 2008 eu queria ser candidato a prefeito, mas o meu nome foi preterido. Só que ninguém ficou se fingindo de vítima, como um menino chorando com dedo na boca."

Prévias - Rands deixou claro que não estava subestimando a candidatura de João da Costa. "Ninguém tá dizendo que a candidatura do prefeito é fraca. Estamos com a maioria da militância e vamos ganhar."

Confiante, o deputado mandou um recado para os ocupantes de cargos comissionados. "Aos ocupantes de cargos comissionados que têm medo de perder os postos, digo para não terem medo. Venham. Após vencermos as prévias, vamos convidar inclusive João da Costa e sua militância a participar da gestão. Não vamos discriminar."

Maurício disse que o processo de prévias está sendo muito positivo para a política na cidade. De acordo com ele, a disputa interna do PT está promovendo discussões com a população sobre os problemas do Recife muito antes das eleições.

Oposição - Rands brincou também com a os partidos opositores, que não estariam gostando das prévias petistas. "A oposição está incomodada com as prévias, porque já estamos dabatendo políticas públicas." (Fonte: Site do JC)
Auditório do Sintter-PE poderia ter mais gente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...