terça-feira, 15 de outubro de 2013

O MAIOR CARRASCO DOS TIMES DE PERNAMBUCO

Quem acompanha futebol conhece a história. Após intensas pesquisas, foi descoberto que um determinado time no Brasil tem um histórico de prejudicar os times de Pernambuco. E o histórico não é nada bom, pois além de prejudicar, teria tido a ajuda da arbitragem para isso. Some-se a isso eliminações duvidosas, tentativa de tomar títulos que não lhe pertencem, e até forçando rebaixamentos dos clubes pernambucanos.

O time em questão é o FLAMENGO. Fundado em 1895, no Rio de Janeiro, o time conquistou muitos títulos, mas é famoso por conquistar muitos deles de forma duvidosa. O imbróglio começou no distante ano de 1982, quando Flamengo e Sport disputaram um dos mata-mata da competição. Flamengo venceu, mas com a ajuda da arbitragem. Até hoje, é considerada a maior garfada da história do futebol brasileiro. O Flamengo acabaria sendo campeão em 1982 em cima do Grêmio.

Cinco anos depois, em 1987, surgiu a maior polêmica do futebol brasileiro, que segue até hoje. Flamengo venceu o Módulo Verde, enquanto Sport venceu o Módulo Amarelo. O regulamento previa um cruzamento entre os dois melhores de cada módulo para apontar o campeão brasileiro. Entretanto, Flamengo e Internacional se recusaram a participar do cruzamento, Sport e Guarani venceram por W.O., e fizeram a final, com o título sendo conquistado pelo time pernambucano. Sport e Guarani representaram o Brasil na Libertadores de 1988, mas o Flamengo até hoje reinvidica, com o apoio do Globo, esse título que não é seu. CBF e Fifa já reconheceram o título do Sport, inclusive.

Três anos depois, na Copa do Brasil 1990, Flamengo e Náutico se enfrentaram nas semifinais. Os alvirrubros também teriam sido prejudicados naquela decisão pela arbitragem.

Em 2001, última rodada do Campeonato Brasileiro, primeira fase. O Santa Cruz ainda podia escapar do rebaixamento. Precisava vencer o Guarani fora de casa, e torcer por uma derrota do Flamengo para poder permanecer na elite. O Santa Cruz fez sua parte, mas o Flamengo venceu e o tricolor pernambucano acabou rebaixado à Série B. Mas na época, surgiram denúncias de que o Palmeiras, adversário do Flamengo naquele dia, teria entregue o jogo para salvar o clube carioca. Na ocasião, o Palmeiras não brigava por mais nada naquela competição. A suposta marmelada custou não só ao Santa Cruz, mas ao futebol pernambucano, a ausência na elite do Brasileiro durante quatro temporadas, de 2002 a 2005.

Em 2003, na Copa do Brasil, semifinal, novamente o Flamengo e o Sport se encontraram. Na Ilha do Retiro, o Flamengo ganhou por 1x0, com o gol de Edílson. Detalhe: o gol estava impedido. Mesmo assim, o juiz validou o gol. No Rio, o jogo foi 0x0 e o Flamengo foi para a final, mas perdeu para o Cruzeiro.

Até mesmo de forma indireta, marmeladas do Flamengo custaram presença de pernambucanos na elite. Em 2012, o Sport acabou rebaixado. Mas o site Placar Real estudou quais seriam as posições de cada time sem a ajuda da arbitragem. Segundo o site, o Sport teria terminado em 16º lugar, enquanto o Flamengo teria terminado em 18º. Mas o Flamengo terminou em 11º, enquanto o Sport terminou em 17º e acabou rebaixado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...