quinta-feira, 1 de novembro de 2012

ACM NETO ELOGIA DILMA E FLERTA COM EDUARDO CAMPOS

O deputado federal ACM Neto (DEM-BA), prefeito eleito de Salvador, esteve em ontem Brasília e elogiou a presidente da República, Dilma Rousseff. Disse que o Democratas se mantém aberto para 2014.
"O governo Dilma é melhor que o do Lula. Tem mais equilíbrio na posição institucional", declarou o político do DEM em entrevista ao "Poder e Política", projeto da Folha e do UOL.
ACM Neto elogia Dilma e flerta com Eduardo Campos  Líder do DEM disse que presidente tem respeitabilidade. Já Eduardo Campos é possível aliado. Ele falou ao UOL e à Folha em 31 de outubro de 2012.
Neto foi alvo de um ataque indireto de Dilma durante a recente campanha eleitoral. A presidente fez um comício em Salvador e disse que a capital baiana não poderia ter um governo "pequenininho" --uma alusão à estatura do prefeito eleito, que mede 1m68. Confrontado com esse episódio, ele relevou o ataque: "Aquele calor do palanque, do embate... Eu acho que a presidente tinha direito de ir a Salvador".
Embora tenha se recusado a fazer previsões sobre alianças para daqui a dois anos no plano nacional, Neto sugeriu que o DEM não se alinhará automaticamente ao PSDB, cujo candidato ao Planalto deve ser o senador Aécio Neves (MG).
Sobre Aécio, disse o seguinte: "Nós temos uma relação histórica com o PSDB. Aécio tem muitos amigos dentro do Democratas. Mas ainda é cedo".
A respeito de apoiar para o Planalto Eduardo Campos (PSB), governador de Pernambuco, afirmou: "Eu acho que neste momento não se deve descartar nenhuma hipótese".
LÍDER DO DEM
Antonio Carlos Magalhães Neto, ou Neto, como é conhecido, tem 33 anos e está em seu terceiro mandato como deputado federal pelo DEM da Bahia. Venceu a disputa no segundo turno para prefeito de Salvador com 717.865 votos (53,51% dos válidos).
Salvador é a terceira maior cidade do país em número de eleitores. Neto derrotou o candidato do PT, o deputado federal Nelson Pelegrino (PT), que tinha o apoio do governador da Bahia, Jaques Wagner, e da presidente Dilma Rousseff.
No primeiro turno, Neto tinha cerca de 5 minutos de tempo de TV contra 14 minutos de Pelegrino.
Com essa vitória, o político do DEM se tornou o maior vitorioso de oposição no Brasil. Mas agora ele aposentou o discurso vitriólico da campanha e deseja compor com os petistas Jaques Wagner e Dilma Rousseff.
É por essa razão que faz elogios a Dilma. "É um governo que não é tão condescendente com aquelas velhas práticas da política, 'do toma lá, dá cá'. Claro que existe uma presença muito forte, partidária, no governo, mas eu acho que a presidente, nesse aspecto, ela é mais dura no tratamento", declara.
A respeito de um possível contato em breve com o Planalto, diz: "O meu desejo é ter com a presidente a melhor relação possível. Não só porque a respeito, respeito a posição que ela ocupa, mas porque Salvador precisa. Precisa tanto do prefeito como da presidente da República".

Fonte; UOL Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...