sexta-feira, 9 de novembro de 2012

INAUGURADO O COMITÊ MUNICIPAL DE COMBATE À DENGUE

Foi realizada no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, na manhã desta sexta (9), a inauguração do Comitê Municipal de Combate à Dengue, em programação que faz parte da Semana de Combate à Dengue.

O evento contou com a presença do secretário de Saúde, Orlando Jorge, e de algumas instituições, como a CODESUL e a Pastoral da Saúde.

Durante o ano de 2012 (Contabiliando de janeiro até o último sábado), Limoeiro teve 899 casos suspeitos, 335 casos de dengue clássica e 547 casos descartados. Não houve casos de dengue hemorrágica. Exames como esses são realizados no CTA (Centro de Triagem e Aconselhamento). Orlando reiterou que no CTA não são realizados apenas exames de doenças sexualmente transmissíveis, mas também doenças como Dengue, Hepatite e Mal de Chagas, por exemplo.

Durante a reunião, Orlando desabafou, falando que o principal problema no combate à dengue ainda é a educação. "Temos várias ações, não ficamos de braços cruzados, mas infelizmente, isso parte de uma maior conscientização." disse.

O secretário esclareceu também que o carro fumacê (aquele que espira fumaça tóxica contra os mosquitos), só pode ser solicitado apenas em casos gravíssimos, quando a incidência é altíssima.

Chico da Saúde, durante o evento, disse que apesar dos problemas, houve uma significativa melhora, pois quando todo o trabalho foi iniciado, em 1998, haviam índices que chegavam a 43%. "Eram dez vezes pior do que hoje". disse Chico.

Foi apresentado também um quadro com as situações dos bairros e zona rural de Limoeiro. Confira quem se enquadra em cada parte:

ÍNDICE SATISFATÓRIO (menos de 1%)
SITUAÇÃO DE ALERTA (entre 1% e 3,9%)
RISCO DE SURTO (mais de 3,9%).

ZONA URBANA:

SATISFATÓRIO: João Fernandes Salsa e Santa Terezinha.
SITUAÇÃO DE ALERTA: São Sebastião, Santa Luzia, Severino Pinheiro, Centro, Redentor, parte do Otácio de Lemos.
RISCO DE SURTO: João Ernesto, Ponto Certo, parte do Redentor, Santo Antônio, Nossa Senhora de Fátima, São Jorge, Pirauíra, Juá.

ZONA RURAL:

SATISFATÓRIO: Bordão Velho, Espíndola, Lagoa Vermelha, Pitombeira, Ribeiro do Mel, Ribeiro Grande, Sítio Mendes, Tabuleiro, Travessia, Urucuba, Vila Mendes.
SITUAÇÃO DE ALERTA: Campo Grande, Convales, Duas Pedras, Gameleira Ilhetas, Lagoa do Couro.
RISCO DE SURTO: Nenhuma localidade.

O Comitê de Combate à Dengue procurará unir todos os órgãos interessados em combater o mosquito e a doença, qualquer interessado pode participar. Mas a educação ainda é o ponto forte. Não deixe em sua casa nenhum depósito com água aberto. Garrafas vazias devem ser colocadas de cabeça pra baixo, caixas devem ser bem tampadas, nos pratos das plantas, devem ser colocadas areia. Quando um agente de saúde passar na sua casa, receba-o bem, e deixe ele fazer o seu trabalho, afinal é para o seu bem e de toda a sua família. Procure também conscientizar seus vizinhos para que façam o mesmo. Nós não podemos perder a guerra contra um MOSQUITO.



12 atitudes para evitar a dengue:

1) Mantenha bem tampados os tonéis e barris d'água.
2) Remova folhas, galhos, e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas.
3) Feche bem o saco de lixo e deixe-o fora do alcance dos animais.
4) Não deixe água acumulada sobre a laje.
5) Mantenha a caixa d'água bem fechada. Coloque também uma tela no ladrão da caixa d'água.
6) Vire todas as garrafas com a boca pra baixo e evite que acumule água dentro delas.
7) Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água.
8) Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada.
9) Encha de areia até a borda os pratos da plantas ou lave-os semanalmente com uma escova.
10) Lave por dentro com escova e sabão os utensílios usados para guardar água em casa.
11) Lave semanalmente por dentro com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água.
12) Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova, água e sabão uma vez por semana.

Sintomas da dengue:

Febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor no corpo e nas juntas e manchas vermelhas pelo corpo.

Vamos colaborar. O Setor de Saúde Ambiental é um órgão da Secretaria Municpal de Saúde, situado na Rua da Alegria, 1224, Centro, Limoeiro, fone 3628-1878. E-mail: vsa.limoeiro@hotmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...