quinta-feira, 21 de novembro de 2013

VEREADOR DE CARUARU CAUSA POLÊMICA AO DEFENDER O GOLPE DE 1964

A Câmara Municipal da cidade de Caruaru, no agreste central pernambucano, tem sido palco de inúmeras polêmicas. Já teve agressão entre vereadores, já teve vereador aparecendo nu em programa de TV, já teve suspensão e volta do Parlamento Jovem, já teve vereador pedindo bafômetro na Câmara e por aí vai.

A mais nova polêmica agora foi provocada pelo vereador Evandro Silva (PMDB), que defendeu na tribuna o Golpe Militar, pedindo até mesmo a realização de uma sessão solene para comemorar o golpe, que no próximo ano, completa 50 anos. Ele chegou a admitir que apoiou a "Revolução de 1964".

Tal pedido provocou inúmeros protestos, inclusive de pessoas ligadas a partidos de esquerda, estudantes e sindicatos. Daniel Finizola chegou a questionar, em coluna escrita para o blog do jornalista Igor Maciel, se algum dos eleitores que votaram nele "teve parente ou amigo perseguido ou torturado pelos militares".

O fato é que na cidade, são muitos comentários negativos, pois o Regime Militar é uma página negra na história do Brasil, onde não havia liberdade de expressão, muitas pessoas foram presas e torturadas. Tendo em vista tudo isso, é desagradável que um representante eleito democraticamente pelo povo faça uma apologia a tão terrível época.

Foto de Mário Flávio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...