terça-feira, 9 de outubro de 2018

Protagonista nas últimas eleições presidenciais, PSDB enfrenta crise

Foto: O Globo
Protagonista nas eleições presidenciais desde 1994, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), fundado em 1988, enfrenta sua maior crise. O partido, que já chegou a governar o Brasil entre 1995 e 2002, com Fernando Henrique Cardoso, ficou de fora no segundo turno neste ano após quatro eleições seguidas polarizando as eleições com o PT, que ainda conseguiu ir para o segundo turno contra o candidato favorito Jair Bolsonaro (PSL).

Neste pleito, Geraldo Alckmin amargou apenas a quarta colocação, com 4,88% dos votos válidos, superando o pior desempenho do partido, em 1989, também na quarta colocação com Mário Covas, mas que pelo menos alcançou 11% das intenções de voto. Alckimin perdeu para Bolsonaro, Fernando Haddad e Ciro Gomes (PDT).

O PSDB não conseguiu esse ano cativar os eleitores mais conservadores, que têm lhe dado sustentação nas últimas eleições presidenciais, aqueles identificados como "anti-PT". Isso por que um candidato de direita apareceu e está com favoritismo para vencer essa eleição, que é o Bolsonaro.

Agora, o PSDB, se quiser voltar a ter o protagonismo que antes tinha, terá que se reinventar. O partido, nos anos seguintes a 2014, se envolveu em polêmicas diversas. Após ter tido o melhor desempenho nas eleições que perdeu, com Aécio Neves, o partido recebeu a pecha de "golpista" ao aderir ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), e após ter apoiado o governo Michel Temer (MDB), o partido, mesmo lançado candidatura própria, não conseguiu descolar sua imagem do governo que tem o maior índice de impopularidade da história.

Além do crescimento de Bolsonaro e da participação no impopular governo Temer, o PSDB ainda enfrenta brigas internas. Geraldo Alckmin e João Dória, atualmente as duas maiores estrelas do partido, têm atacado um ao outro. Some-se isso a inúmeras acusações contra Aécio Neves e também ao falecimento de Sérgio Guerra ainda em 2014, que era tido como "pulso firme" pelo partido. E assim o PSDB, caso não se reinvente, poderá fracassar mais ainda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...