segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Em eleição marcada por guerra de ideologias, Bolsonaro e Haddad disputam o segundo turno

Na noite deste domingo (7), saiu o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais. Haverá segundo turno, e a disputa será entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Será uma disputa marcada por ideologias, mais ou menos parecido com 1989.

Entre os 13 concorrentes, os dois presidenciáveis foram os mais votados nas eleições de ontem. Bolsonaro teve 46,05% dos votos válidos. Haddad somou 29,25% –  a 0h com 99,89% das urnas apuradas. Os brasileiros voltam às urnas no dia 28.

Foi a primeira vez desde 1994 que a polarização PT-PSDB não se repetiu - Geraldo Alckmin não conseguiu se classificar para a segunda etapa. 

Jair Bolsonaro tentará no segundo turno confirmar sua vitória, e o retrospecto lhe favorece. Desde a eleição de 1989, os pleitos que tiveram segundo turno - 1989, 2002, 2006, 2010 e 2014 -, todos os candidatos que saíram na frente confirmaram a vitória no pleito. Haddad terá que quebrar o tabu para poder virar o jogo e fazer algo inédito nos segundos turnos nas eleições presidenciais brasileiras. 

Essa também promete ser uma disputa ideológica entre "direita" - representada por Jair Bolsonaro - e "esquerda", representada por Fernando Haddad, candidato do ex-presidente Lula. Quem levará a melhor?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...