quinta-feira, 13 de março de 2014

Parceria visa valorização do conceito de festa


No último final de semana, dias 08 de 09 de março, o Município de Limoeiro recebeu uma equipe técnica que integra a Comedoria Popular Produções Culturais, da cidade do Recife. A visita, que foi articulada pelo Secretário de Turismo e Lazer de Limoeiro e Presidente da Astur/PE, André Quirino, teve como foco a melhoria da produção do confeito de festa.


Limoeiro é responsável pela produção da maior parte do confeito que é consumido nas festas religiosas mais tradicionais do nordeste brasileiro. O doce, aparentemente simples, passa por um complexo processo de elaboração. E se depender do secretário André Quirino esta tradição gastronômica ganhará maior notoriedade “Apesar das dificuldades de produção, muitas famílias limoeirenses, residentes no distrito de Gameleira, resistem e insistem na sua fabricação. Estamos juntos com o projeto da Comedoria Popular para valorização do produto, melhoria da qualidade de vida dos seus fabricantes, preservação da nossa cultura e promoção do destino Limoeiro.”, afirma André.


Para Ana Cláudia Frazão, Diretora Executiva da Comedoria Popular, o confeito de festa se destaca como patrimônio imaterial, inserido no rico receituário e valores culturais de Pernambuco. A diretora vem traçando algumas formas de melhorar a produção do doce. “O confeito de festa tem um sabor especial da nossa história que está contido desde a preparação. Em consonância com esses valores, estamos diante da perspectiva para uma ação que pode promover mudanças e melhorias a uma antiga prática de trabalho, fundamentadas pela paciência e devoção de Dona Maria, sua família e demais comunidades limoeirenses que se destacam na feitura e comercialização do doce".

Historicamente Ana Cláudia destaca a importância da valorização e perpetuação da produção desta cultura gastronômica na cidade de Limoeiro. “O confeito de festa é parte integrante dos famosos tabuleiros populares, tão tradicionais nas festividades religiosas e que representam o elo entre o sagrado e o profano, um rito que certamente perpetua nossos hábitos e saberes tradicionais em solo pernambucano”, finaliza Frazão.
 
Erivaldo Carvalho - DIPML

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...