sexta-feira, 2 de maio de 2014

Polícia Federal prende professor por pedofilia em Pesqueira

A Polícia Federal prendeu nessa quarta-feira, em Pesqueira, no Agreste do Estado, a 213 quilômetros do Recife, um professor de informática sob acusação de pedofilia. O docente de 29 anos utilizava perfis falsos no Facebook para se aproximar de alunas do colégio, que acabavam persuadidas a mostrar as partes íntimas pela webcam. A Operação Fake Friend teve início após denúncia feita pela mãe de uma das meninas e tinha como objetivo o cumprimento de três mandados de busca e apreensão expedidos pela 28ª Vara Criminal da Justiça Federal, em Arcoverde.

Na investigação a respeito da pornografia infantil, a PF analisou as conversas da garota de 9 anos com outra suposta estudante da mesma escola, chegando à conclusão que, na verdade, a vítima estava mantendo contato com o professor, que criara uma série de perfis falsos na rede social para se aproximar das crianças.

O suspeito iniciava amizade no Facebook, puxava assunto, ganhava confiança e, por fim, coagia as estudantes a tirar a roupa na frente da câmera. Ainda de acordo com a nota oficial enviada pela Polícia Federal, o “fake” orientava as garotas a acessar sites de conteúdo pornográfico.

A operação consistiu em buscas na casa do professor e de sua prima, bem como na instituição de ensino na qual ele lecionava. A PF apreendeu quatro discos rígidos, um notebook, um pendrive, um telefone celular e vários CDs. Era um arsenal de vídeos e fotos contendo pornografia infantil, segundo os peritos criminais federais. O crime pode resultar em pena que varia de um a quatro anos de reclusão. O acusado foi levado ao Presídio Juiz Plácido de Souza, em Caruaru.

FONTE: JC ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Forrozão da Cohab tem sequência na Cohab Velha

Depois do sucesso na Cohab Nova, o Forrozão da Cohab agora vai ter sua sequência na Cohab Velha. Orlando Monteiro, Bruno Barros, no dia 15, ...