sexta-feira, 9 de maio de 2014

"O desenvolvimento de Pernambuco deve ser melhor distribuído", defende Armando Monteiro, em Arcoverde



Com a participação de mais de 1,7 mil pessoas inscritas, a terceira plenária do Projeto Pernambuco 14 reuniu na noite desta quinta-feira (8), em Arcoverde, representantes da sociedade civil e lideranças políticas de todo o Sertão do Moxotó. Um pouco antes da plenária final, o senador Armando Monteiro (PTB), pré-candidato a governador, defendeu uma política mais afirmativa do Estado em favor da interiorização do desenvolvimento.

“Pernambuco cresceu, mas acentuou os seus desníveis. Todos melhoraram, mas as distâncias se acentuaram, as distâncias sociais, a distribuição da riqueza e do processo de desenvolvimento do Estado, que passou a ser mais concentrado ainda em algumas regiões que tinham melhor infraestrutura”, afirmou, ao lado do deputado federal João Paulo, pré-candidato a senador.

“O Nordeste tem metade da renda nacional, mas Pernambuco tem um terço da renda do Sudeste e o pernambucano do Sertão tem um terço da renda da área metropolitana. E aí tem que haver uma ação firme e indutora do Estado para reverter esse quadro. A lógica do investimento é perversa porque só procura os locais que têm mais infraestrutura e melhor oferta de mão de obra. Ou há uma ação firme do Estado, no sentido de corrigir essas distorções, ou esses desequilíbrios vão crescer ainda mais”, acrescentou.


 (Crédito da foto: Alexandre Albuquerque/Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Orlando confirma Zé de Nena como seu vice novamente e quebra tabu

  Na noite desta quarta-feira, em Limoeiro, o prefeito Orlando Jorge (Podemos) oficializou a escolha do atual vice-prefeito Zé de Nena Barbo...