sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A INCONVENIÊNCIA EM VITÓRIA DE SANTO ANTÃO

A Inconveniência continua na estrada. Agora é a vez de Vitória de Santo Antão


O espetáculo A Inconveniência de Ter Coragem, dia 21 de outubro, sexta-feira, às 20 horas, no Colégio Damas, em Vitória de Santo Antão, no Festival Nação Cultural, promovido pela FUNDARPE / Secretaria de Cultura do Estado.

Ao som de cocos e emboladas, e vestindo figurinos exuberantemente coloridos, atores “quase bonecos” entram em cena nesta montagem, com introdução feita, ao vivo, pelo coquista de Tracunhaém, Mano de Baé. “A Inconveniência de Ter Coragem ou Uma Presepada de Suassuna na Feira” é o mais novo espetáculo da trupe limoeirense liderada há dez anos pelo diretor e produtor Fábio André. A peça é o primeiro ato do texto “A Pena e a Lei”, do dramaturgo paraibano Ariano Suassuna, já encenado em 2002 pelo mesmo grupo e visto até em Coimbra, Portugal. “Fizemos uma nova versão, agora para a rua e com os atores cantando e tocando com um coquista por perto. Esse casamento do coco com bonecos funcionou. Deu um ar mais festeiro e ressaltou uma manifestação da cultura popular que é próxima da nossa região”, explicou Fábio.

A montagem investe na estética mamulengueira, com os atores praticamente sendo bonecos. O trabalho físico do elenco, priorizando gestos grotescos e intensa movimentação, é um dos destaques. Na trama, as presepadas do malando Benedito, negro esperto, apaixonado pela ingrata Marieta que, chamando-o de “comida de onça”, insiste em ver a valentia do rapaz. Para isso, ele decide desmoralizar o fazendeiro Vicentão Borrote e o delegado Cabo Rosinha, dois outros pretendentes da moça. A encenação tem ido a feiras de vários municípios, “algo que vem dando certo, quase como uma intervenção urbana”, comenta o diretor que, em julho, participou do Festival Nacional de Teatro de Rua de Aracati, no Ceará e em Manaus neste último final de semana, dia 15 de outubro, no largo de São Sebastião,com esta elogiada montagem. No elenco, Jadenilson Gomes, Tarcísio Queiroz, Charlon Cabral, Lucas Rafael, Kéttuly Muniz e o músico Mano de Baé. (Imagem Divulgação)

Blog do Agreste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...