domingo, 18 de outubro de 2015

São Caetano fora do Brasileirão 2016 (das quatro divisões)

São Caetano campeão paulista de 2004
Quem não se lembra do São Caetano, aquele time meteórico que encantou o Brasil no começo deste século, entre 2000 e 2004, especialmente? Após subir para a Série B em 1998 e para a Série A em 2000, São Caetano foi vice-campeão brasileiro por duas vezes, em 2000 (perdeu aquela final polêmica para o Vasco, com direito a brigas contra a Globo), e em 2001 (perdeu a final para o Atlético/PR).

São Caetano ainda foi vice-campeão na Taça Libertadores da América, em 2002, e viria a ser campeão paulista em 2004.

Mas a partir do final daquele mesmo ano, o São Caetano começaria a viver dias de decadência. Aquele que seria o "novo time grande do futebol brasileiro" ou aquele que seria a "quinta força de São Paulo" (atrás de Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Santos), viria agora a ser mais um pequeno clube, infelizmente.

Após a morte do zagueiro Serginho durante jogo contra o São Paulo, pela Série A em 2004, o Azulão perderia pontos. O time que ficaria encostado à zona da Libertadores, atrás apenas do campeão Santos, do vice Atlético/PR, de São Paulo e de Palmeiras, acabou ficando perto da zona de rebaixamento, à frente apenas do Atlético/MG, Botafogo, e dos rebaixados Criciúma, Guarani, Vitória e Grêmio.

Em 2005, campanha fraca, e em 2006, novamente vice, mas dessa vez, um vice que não queria: um vice-lanterna. Foi rebaixado para a Série B, juntamente com Ponte Preta, Fortaleza e o lanterna Santa Cruz.

Passou alguns anos na Série B; em 2012, quase voltava à elite, ficou com os mesmo 71 pontos do Vitória, mas perdeu para o time baiano em critérios de desempate. Em 2013, uma nova vice-lanterna, dessa vez na Série B: rebaixado ao lado de Guaratinguetá, Paysandu e do lanterna ASA.

Em 2014, novo rebaixamento, para a Série D. Nesse ano, disputou a Série D e liderou o seu grupo. Acontece que no dia de ontem, o São Caetano perdeu por 2x1 para o Botafogo de Ribeirão Preto, e deu adeus, não só ao acesso, mas como também ao Brasileiro. Isso por que o Azulão foi rebaixado também no Campeonato Paulista e não terá como conseguir classificação para a Série D estando numa segunda divisão estadual. Agora, é juntar os cacos e tentar retomar seus dias de glória, começando pela Série A2 de São Paulo.

E em outro jogo, a Caldense também deu adeus ao acesso ao perder nos pênaltis por 4x3 para o Ypiranga-RS. Botafogo/SP e Ypiranga/RS estarão na Série C em 2016. Hoje, ainda teremos mais dois jogos: Remo x Operário/PR. Remo venceu o primeiro jogo por 1x0 fora de casa e joga pelo empate em Belém. E Lajeadense x River/PI. O River/PI venceu o primeiro jogo por 3x0 e pode até perder por dois jogos de diferença que garante o acesso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Limoeiro identifica casos suspeitos de varíola dos macacos no Presídio

  A Secretaria de Saúde de Limoeiro notificou quatro casos suspeitos de varíola dos macacos entre detentos da Penitenciária Dr. Ênio Pessoa ...