segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Coluna desta segunda-feira

Desde que o ex-presidente Lula (PT) saiu da prisão em Curitiba, ele tem andando por alguns cantos do país, criticando o governo de Jair Bolsonaro, a Operação Lava Jato e o juiz Sérgio Moro. Mas o petista tem ido mais além das críticas: ele tem alimentado a polarização entre petistas e bolsonaristas, de modo que seus discursos têm acirrado os ânimos, seja para o bem ou para o mal.

Lula, em dado momento, disse que o "Brasil nunca precisou tanto do PT como agora". Perigoso demais apresentar apenas um partido como a solução de todos os problemas, alguns criados pelo próprio PT. Vale ressaltar que quando estava no governo, o PT se envolveu em diversos escândalos, indo de encontro á aquilo que sempre pregou. Nas eleições de 2018, quando Lula não poderia mais ser candidato depois de ter sido preso e impedido pela Justiça, o PT insistiu no lançamento de Fernando Haddad e ainda atrapalhou a candidatura de Ciro Gomes - um acordo, que inclusive envolveu Paulo Câmara, governador de Pernambuco, retirou o PSB da linha de apoio a Ciro, e fez a legenda socialista ficar neutra.

Lula também chegou a dizer que "um pouco de radicalismo faz bem à nossa alma", o que realmente faz com ele queira ser mesmo a solução e polarizar contra Bolsonaro. As legendas que não apoiam nem os petistas e nem o bolsonarismo, e que prezam pela democracia, precisam urgentemente apresentar ideias, soluções amplas e se unir em torno de um nome forte, para evitar que em 2022, uma polarização entre petistas e bolsonaristas possa de vez desbandar para fatos indesejáveis. É um desafio e tanto nesse clima tenso onde parece que apenas dois lados dão as cartas, e sempre com formas um tanto questionáveis.

Limoeiro - Inicialmente, foi noticiado que os vereadores Marcos Sérgio e Irmão Jairo teriam se filiado ao MDB. Mas em contato com este blogueiro, Marcos disse que não poderá mudar de partido agora, o que poderia gerar perda de mandato por infidelidade partidária. Tal coisa só poderá ocorrer em março, quando abrir a janela partidária.

Recife - O vereador Carlos Gueiros (PTB) morreu ontem aos 78 anos. Gueiros vinha no sétimo mandato consecutivo de vereador. Aos familiares, nossas condolências.

Garanhuns - O deputado estadual Sivaldo Albino segue com força sua pré-candidatura a prefeito de Garanhuns, inclusive liderando as pesquisas de opinião na terra das flores. Sivaldo tem atuado forte como deputado estadual e tem estado presente nas comunidades.

Abreu e Lima - Em enquete realizada pelo blog Ponto de Vista para a prefeitura de Abreu e Lima, Flávio Gadelha venceu a enquete por 60% a 40% contra Katiana Gadelha. O ex-prefeito segue forte para retornar à Prefeitura.

Caruaru - Raffiê Dellon (PSD) segue voando alto para a disputa pela Prefeitura. O jovem pretende ser a renovação política na cidade, que tem sido governada desde 1983 pelos grupos liderados por João Lyra Neto (PSDB), José Queiroz (PDT) e Tony Gel (MDB).

O Povo Pergunta - A quem interessa uma polarização entre petistas e bolsonaristas no Brasil?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...