terça-feira, 30 de agosto de 2011

CAUSOS DE VILA DOURADA

CURTAS DO DIA


Alguns causos pequenos que ocorrem em VILA DOURADA:

Magaly saiu muito tarde da lanchonete; mas na casa onde ela morava, haviam alguns problemas, na favela Alto do Cruzeiro. Suas irmãs Monike e Djanira não estavam lá. Magaly, então, dormiu na rua, perto da lanchonete. Adormeceu olhando as estrelas...

Certo dia, Safira chegou em casa e encontrou Janicleide colocando uma nota de 100 reais na água. Safira perguntou:
- Por que você está molhando essa nota, Janicleide?
Janicleide respondeu:
- Estou fazendo lavagem de dinheiro!

Eugênio estava mostrando um invento seu para seu irmão Hamilton, que também era jornalista. Eugênio disse:
- Esse invento é muito bom, sensacional!
- E pra que serve? - perguntou Hamilton.
- Bom, isso ainda falta decidir...

Enquanto isso, o Clube de Lazer Wetlook de Vila Dourada continuava recebendo pessoas, que pra lá iam entrar na piscina de roupa e tudo. Lígia, Rosimar, Danúzia, Milla, Ilka, Ana Clécia, Bruxa Vampirinha, Taciana, Fabiana Pimentinha, entre outros, eram sócios desse clube.
Ilka, que usava blusa vermelha, calça azul e estava de tênis, nadando na piscina, começou a fazer acrobacias e jogar água nos outros. Lígia em dado momento, reclamou de Ilka. Detalhe era que Ilka era grande inimiga de Lígia. As duas se odiavam. Elas quase brigavam na piscina, e Rosimar teve que separar as duas, e ainda defendeu Lígia.

Enquanto isso, a mendiga Bartyra, que morava dentro de uma lata, tentava aprender a ler. Ela achou perto da lata onde vivia um livro, com várias figuras. Seu namorado Joel a ensinava a ler. Bartyra tinha uma dificuldade em aprender, mas era muito esforçada.

Já a juíza Suely continuava tentando arrumar briga com o prefeito Moab. A mãe dela, a Edvânia, estava muito preocupada. Em dado momento, ela disse para a filha:
- Suely, eu sei que você está certa. Mas muito cuidado com esse homem. Moab é perigoso!
- Não tenho medo dele, mamãe!
Edvânia sempre orava pela vida de sua filha. Suely já sofrera atentados e não estava livre de sofrer mais.

Certo dia, a família de Nelma foi toda para as cataratas de Iguaçu, no Paraná...mas imaginem o que aconteceu: Vívian Maluca pegou um barril e desceu as cataratas, inspirada no Picapau. A polícia acabou prendendo a pequena vampira, que logo em seguida foi solta. Vívian não tinha jeito, mesmo...

Numa bela manhã, a hippie Tássia começou a dançar no meio da rua, e o povo a via com atenção. Até as malucas Gigi, Mariane e Antônia entraram na dança...

Brevemente, vem mais por aí...

Blog Vila Dourada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...