segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Uma vila dividida por dois municípios

No sábado passado, este blogueiro esteve participando de uma programação relativa á igreja da qual faz parte, em uma vila localizada ao norte de Aldeia, chamada Chã de Cruz. Participamos de uma programação na I Igreja Batista local no sábado á noite. Mas em poucos minutos em Chã de Cruz, descobri um caso bem interessante e curioso.

Chã de Cruz pertence ao município de Paudalho, na Mata Norte de Pernambuco. Mas a surpresa não parou por aí. Descobri ainda que existe uma rua em Chã de Cruz que divide municípios. Ou seja, Chã de Cruz fica em dois municípios e duas regiões diferentes. Depois da rua Ayrton Senna da Silva, o município é Abreu e Lima, no Grande Recife. Chã de Cruz, ao mesmo tempo, se localiza na Mata Norte e na Região Metropolitana, um caso no mínimo curioso.

Fui informado também que Paudalho e Abreu e Lima disputam a vila, e o povo que ali mora fica no meio do fogo cruzado. Quando existe algum problema, um município empurra o abacaxi para o outro, e quando acontece algo bom, o município aparece sendo a "mãe da criança". Como vive-se em uma vila que é dividida em dois municípios? A quem recorrer se algo que incomoda a comunidade acontecer logo na divisa?

Com a palavra, as prefeituras de Paudalho e Abreu e Lima.

Foto Google Maps

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...