sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Em nota, Ricardo Teobaldo minimiza rejeição de contas e anuncia que vai recorrer


O deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos), minimizou a recomendação da rejeição de contas do município de Limoeiro referente ao ano de 2014, feita pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Lembrando que no ano em questão, Ricardo foi prefeito apenas até o início de abril, quando se desincompatibilizou para concorrer com sucesso a uma vaga na Câmara Federal, sendo o resto do mandato cumprido pelo seu vice Thiago Cavalcanti (PTB).


1. O deputado Ricardo Teobaldo administrou o município no período de 2009 a 2013, onde teve todas suas contas julgadas e aprovadas. No ano de 2014 esteve à frente da Prefeitura apenas nos meses de janeiro, fevereiro e março, quando renunciou ao mandato para disputar as eleições.

2. A rejeição da conta de 2014, citada na matéria, deve-se ao limite de gastos com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A queda considerável da receita fez o município ultrapassar o limite de gastos com pessoal. Por esse motivo o TCE recomendou a rejeição da conta nos meses de janeiro, fevereiro e março.

3. Por fim, o parlamentar informa que irá recorrer da decisão do TCE.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Argentina é surpreendida pela Arábia Saudita na estreia na Copa do Catar

  A estreia da Argentina na Copa não poderia ter sido pior - ou poderia. A seleção que foi campeã do mundo em 1978 e 1986 levou 2x1 de vir...