terça-feira, 16 de abril de 2024

Coluna desta terça-feira - 16/04/2024

O PSDB, agora dirigido por Marconi Perillo, a nível nacional, tenta se colocar ainda no Brasil como uma opção viável fora da danosa polarização entre petismo e bolsonarismo. São várias as postagens na rede social do partido onde vemos claramente isso. Os tucanos já governaram o Brasil, com Fernando Henrique Cardoso, entre 1995 e 2002, tendo como maior legado a estabilidade econômica. Varrido pelo petismo em 2002, quando José Serra foi derrotado por Lula, o PSDB ainda resistiu por algumas eleições, polarizando com o PT, mas em 2018, acabou sendo varrido também pelo bolsonarismo, já que se viu abandonado pelos antipetistas em prol de Jair Bolsonaro. Em 2022, o PSDB se contentou apenas com uma vaga de vice na chapa de Simone Tebet. Mas Marconi diz claramente que esse foi um erro do partido. Mas a tarefa não é fácil. Enquanto um lado tem o atual presidente Lula como seu líder e o outro lado tem o ex-presidente Jair Bolsonaro, o PSDB não consegue apresentar um nome viável, apesar de estar investindo em Eduardo Leite, atual governador do Rio Grande do Sul. O PSDB tem que se apresentar como moderado enquanto os dois grupos citados apelam para o radicalismo. Tarefa bastante difícil para o partido que completará 36 anos de existência, e que nasceu com a semente da defesa da Democracia, que ultimamente vem correndo sérios riscos com a polarização. 

Machados - Gustavo Plácido, empresário, se filiou ao PV, partido do deputado federal Clodoaldo Magalhães. A expectativa era de que ele se filiasse ao PSDB, mas tal fato acabou não ocorrendo. Todavia, mesmo assim, a parceria com a governadora Raquel Lyra (PSDB) segue firme. Ele é pré-candidato a prefeito na Terra da Banana. 

Surubim - O deputado estadual Cléber Chaparral, do União Brasil, segue forte como pré-candidato a prefeito na Terra da Vaquejada. E agora com o apoio do ex-prefeito Túlio Vieira, tende a se fortalecer ainda mais. 

Limoeiro - Pré-candidata a vice-prefeita, Mirella Duarte (PP) foi entrevista ontem no programa Ponto de Vista, que estreou ontem na PFTV. Apesar de um pequeno entrave que obrigou uma troca de apresentadores, a entrevista foi realizada ontem com uma grande audiência. 

Pergunta que não quer calar - Quem será o vice de Orlando Jorge em Limoeiro? 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Kátia Rodrigues fora da programação do São João de Limoeiro

Uma das maiores surpresas da divulgação da programação do São João de Limoeiro foi a exclusão da cantora Kátia Rodrigues da programação. Não...