sexta-feira, 19 de julho de 2019

Morre segundo policial envolvido em troca de tiros em Santa Cruz do Capibaribe

Foto NE 10 Interior
O sargento Moacir Pereira, de 47 anos, que foi baleado numa troca de tiros em Santa Cruz do Capibaribe, não resistiu e veio a óbito por volta das 10h30 desta sexta-feira. Ele estava internado no Hospital Regional de Caruaru desde o dia 1 de julho, quando aconteceu a troca de tiros. Na ocasião, o soldado André Silva, de 32 anos, não resistiu e morreu no local. De acordo com nota divulgada pelo HRA, o sargento Moacir Moreira passou 18 dias internado e faleceu às 10h30, em decorrência de insuficiência respiratória grave, evoluindo para uma parada cardiorrespiratória. Os profissionais tentaram reanimá-lo, mas não conseguiram. Um dia após ser internado no HRA, o sargento sentiu fortes dores abdominais e foi detectada numa tomografia a presença de ar na região. Desde então, estava na UTI após ter sido levado ao bloco cirúrgico para fazer uma laparotomia exploratória, procedimento que abre o abdômen. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com vasta atuação e experiência na área jurídica, jovem advogado Luís Roberto Burégio inaugura mais um escritório em Limoeiro

   O advogado Luís Roberto Burégio inaugurou mais um escritório de advocacia e consultoria em Limoeiro, agreste setentrional de Pernambuco, ...