sábado, 20 de julho de 2019

As Filhas de Limoeiro

Faltando uma semana para a festa de emancipação de Limoeiro, aqui falaremos agora sobre os municípios que são seus "filhos". Municípios que lá atrás, faziam parte de terras limoeirenses, e que atualmente, são municípios autônomos, com suas próprias prefeituras, câmaras, etc.

PASSIRA - Filha caçula (juntamente com Cumaru), Passira é a terra do bordado. A atual prefeita é Rênya Carla (PP). O município de Passira é formado pela sede e por Bengalas, que também já foi distrito limoeirense. A data da emancipação é 20 de dezembro de 1963. Desde sua emancipação até hoje, Passira mantém seu mesmo território. Dentre os originários de Passira, já tivemos vereadores aqui em Limoeiro, a exemplo de Manuel Guilherme da Silva (Zumba da Passira).

CUMARU - Também filha caçula e "irmã gêmea" de Passira - pois se emanciparam de Limoeiro no mesmo dia 20 de dezembro de 1963 -, Cumaru, atualmente governada pela prefeita Mariana Medeiros (PTC), é conhecida como "terra da jabuticaba". Cumaru também tem como distrito Ameixas, que já foi distrito de Limoeiro em tempos remotos. Vereadores já representaram Cumaru em Limoeiro, como Canízio Gonçalves.

BOM JARDIM - Tida como "filha primogênita" de Limoeiro, Bom Jardim se emancipou em 1870 e é governada atualmente por João Lira (PSD). Ao contrário dos dois municípios citados acima, Bom Jardim teve seu território desmembrado posteriormente, dando origem a inúmeros municípios. Em 1928, se emanciparam Olho d'água das Bestas (atual Orobó) e São José do Surubim (Surubim). Depois, em 1935, se emanciparia de Bom Jardim o distrito de Boa Vista (atual João Alfredo). Em 1963, se emanciparia o filho caçula de Bom Jardim, a atual cidade de Machados. Alguns desses municípios também deram origem a outros: Em 1963, Salgadinho se desmembrou de João Alfredo, e na década de 90, Casinhas e Vertente do Lério se emanciparam de Surubim.

TAQUARITINGA DO NORTE - Existem algumas controvérsias sobre a terra das Dálias ter pertencido ou não a Limoeiro. Segundo relato dos moradores locais, Taquaritinga também fez parte da Princesa do Capibaribe. Segundo o atlas escolar, Taquaritinga, na verdade, teria se emancipado na mesma época que Limoeiro. Alguns defendem que Taquaritinga teria se emancipado de Bom Jardim. Pelo sim, pelo não, vale o registro. Taquaritinga, que é conhecida pelo turismo, asa delta e pelo clima frio, atualmente é governada por Lero (PR), e também deu origem a outros municípios. Em 1928, Vertentes foi sua filha primogênita, se tornando município. Em 1953, foi a vez de Santa Cruz do Capibaribe e Toritama. Em 1963, Vertentes ainda perderia os territórios atualmente correspondentes a Frei Miguelinho e Santa Maria do Cambucá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Morre em Brasília o ex-vice-presidente Marco Maciel

  Pernambuco e o Brasil perderam na madrugada deste sábado (12) um dos mais respeitados homens públicos. Marco Antônio de Oliveira Maciel, d...