quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

MPPE abre investigação para apurar caso de fotógrafo que teria "furado fila" da vacina em Jupi

 

Nem mesmo em tempos difíceis de pandemia, o famigerado "jeitinho brasileiro" deixa de acontecer. Um vídeo nas redes sociais viralizou, onde um fotógrafo - que não pertence ao grupo prioritário para receber vacina - estaria sendo vacinado contra a Covid-19. O caso ocorreu na cidade de Jupi, no Agreste Meridional. O Ministério Público de Pernambuco abriu uma investigação para apurar o caso. O fotógrafo pertencia ao quadro de funcionários da Prefeitura Municipal de Jupi. Em entrevista à TV Asa Branca, o fotógrafo alegou que era uma "brincadeira", mas não confirmou se era uma vacina. O fotógrafo e a secretária municipal de Saúde, Nadir Ferro que aparece segurando a mão do fotógrafo nas imagens e que também teria sido vacinada, foram afastados pela Prefeitura, por não pertencerem ao grupo prioritário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Morre em Brasília o ex-vice-presidente Marco Maciel

  Pernambuco e o Brasil perderam na madrugada deste sábado (12) um dos mais respeitados homens públicos. Marco Antônio de Oliveira Maciel, d...