terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Onda de violência assusta Limoeiro

Infelizmente, a Princesa do Capibaribe novamente tem frequentado as páginas policiais, após um período de sossego. Nestes últimos dias, Limoeiro registrou três homicídios, uma tentativa de homicídio e alguns assaltos que ocorreram a estabelecimentos na cidade.

Na tarde sexta-feira (08), tivemos um duplo homicídio, quando Paulo Rodrigues da Silva, de 24 anos, conhecido como "Chica da Silva", e José Álisson de Araújo Dourado, de 16 anos, foram mortos na casa onde residia a primeira vítima, na Rua do Jenipapo, na Serra do Redentor. Apenas dois dias depois, na Rua do Buraco, foi registrado outro homicídio: José Fagner Bezerra da Silva, de 25 anos, conhecido por "Nego de Luzia", foi morto a facadas.

Tivemos no domingo (10), ainda, uma tentativa de homicídio contra José Coutinho da Silva, de 65 anos, no Loteamento Santana. Ele foi atingido por vários golpes de foice e se encontra no Hospital da Restauração na capital pernambucana. Os suspeitos já foram presos.

Mas não só os crimes contra a vida tem assustado os limoeirenses; após um período mais calmo, a onda de assaltos voltou a assolar a cidade. Circula nas redes sociais um vídeo no qual a Farmácia Matriz teria sido assaltada. Outro estabelecimento no Beco de Arnaldo da Moto. Além dos assaltos já citados, um suspeito furtou uma bicicleta no Hiper Cordeiro Juá. Semana passada, uma jovem foi assaltada na Cohab Nova, quando vinha de uma entrevista de emprego. Uma pizzaria do Bairro João Ernesto também foi alvo de assalto. Todos esses casos estão sendo investigados pela Delegacia de Limoeiro.

Esperamos que os culpados de todos os crimes citados acima sejam punidos dentro da Lei e que a paz e a tranquilidade voltem a reinar na nossa cidade. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...