sexta-feira, 16 de março de 2018

A Cultura do Ódio é uma ameça a ser combatida

Foto: redes sociais
O assassinato da vereadora pelo Rio de Janeiro, Marielle Franco, do PSOL, e de seu motorista Anderson Pedro Gomes, repercutiu no mundo inteiro, causando uma extrema imagem negativa ao Brasil. A edil era contra a intervenção na capital carioca, que está acontecendo desde o mês passado, quando o presidente Michel Temer (MDB), determinou a presença do Exército para combater a criminalidade do Rio.

Marielle também denunciava milícias. Não se sabe qual a razão, cabe à polícia investigar e descobrir os culpados. Mas agora, precisamos falar de um outro assunto: a CULTURA DO ÓDIO. Cada dia que se passa, vemos pessoas perdendo noção do real sentimento humano de amor ao próximo.

Pude ver em redes sociais várias pessoas até mesmo comemorando a morte da vereadora, simplesmente por serem de ideologia oposta. Infelizmente, é uma realidade nua e crua que se vê hoje no Brasil. Não se trata de ser de direita ou ser de esquerda; se trata de ter bom senso. Todo extremismo é do mal. Não se deve primar pelo extremismo. Não é ser "em cima do muro", mas é "ter equilíbrio".Algumas pessoas chegam ao cúmulo de "justificar" indiretamente o que aconteceu, inclusive com acusações das quais ela não pode mais se defender. Se são verdades ou mentiras, não cabe a nós julgarmos. Mas uma vida foi ceifada, isso é fato.

Independente de discordar ou não das posições da vereadora assassinada, deve-se lembrar que ela era uma ser humana, que teve sua vida ceifada de forma cruel e violenta com apenas 38 anos de idade. Uma pessoa que ainda tinha muito para viver.

Claro que não podemos esquecer de outras vítimas da violência em capitais brasileiras. Policiais, por exemplo, que são vítimas todos os dias em diversas partes do Brasil. Não importa a cor, a classe social, o gênero, o que está acontecendo são seres humanos tendo suas vidas ceifadas e virando algo comum para muitas pessoas.

A "Cultura do Ódio" precisa ser combatida duramente, antes que ela leve o Brasil ao abismo mais profundo do qual poderá nunca mais sair. Fogo não se combate com fogo; fogo se combate com água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...