segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Convenção confirma chapa governista em Limoeiro

Agora é pra valer. O prefeito Thiago Cavalcanti é candidato oficial e vai disputar um novo mandato, e tem como vice o vereador Zé Nilton, que vai disputar uma eleição majoritária pela primeira vez em sua história política. A chapa tem o apoio do PTB, PR, PT, SDD, PEN, PSD, PRB, PTdoB, PRP, PTN, PMN e PTC.

A convenção contou com a presença de todos os candidatos a vereadores governistas, do deputado federal Ricardo Teobaldo, além dos deputados estaduais Henrique Queiroz, José Humberto e Joel da Harpa. Dos atuais vereadores de Limoeiro, apenas Zé Félix (PRB) não vai tentar a reeleição, e será coordenador geral na campanha. Serão mais de 60 candidatos a vereadores pelo lado governista. Durante o evento, o senador Armando Monteiro, em uma ligação, registrou seu apoio ao prefeito. Outro fato que chamou atenção na convenção foi a fala de Ivan Ruy Rêgo, que ia ser candidato a vereador, mas desistiu quando seu partido, o PPS, se uniu à oposição por orientação da executiva estadual do partido. Ivan deixou claro que permanece apoiando Thiago, inclusive, encerrou sua fala dizendo: "o partido foi, mas eu fiquei aqui." Além do PPS, outros dois partidos que apoiariam Thiago acabaram indo para a oposição: PSDB e PSC, que chegaram a aparecer nos convites, mas foram  retirados em seguida.

Thiago Cavalcanti foi eleito vice-prefeito em 2012 na chapa de Ricardo Teobaldo, mas assumiu a prefeitura após a renúncia de Teobaldo, que foi disputar - e venceu - o mandato de deputado federal. Thiago é filho do ex-prefeito José Artur Teobaldo, que governou Limoeiro em duas ocasiões: 1983 a 1989 e 1993 a 1997, além de ser sobrinho do próprio Teobaldo.

José Nilton Cavalcante se tornou mais um vereador de mandato pela terceira vez seguida a ser escolhido vice em uma chapa, depois de Isaac Manacés em 2008 (que foi vice na chapa de Zé Higino, mas perdeu), e o próprio Thiago, em 2012. Zé Nilton é vereador em seu quarto mandato e já foi presidente da Câmara de Vereadores entre 2011 e 2012. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Argentina é surpreendida pela Arábia Saudita na estreia na Copa do Catar

  A estreia da Argentina na Copa não poderia ter sido pior - ou poderia. A seleção que foi campeã do mundo em 1978 e 1986 levou 2x1 de vir...