sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Convenção confirma chapa de oposição em Limoeiro

Com o apoio de onze partidos - PSB, DEM, PPS, PSDB, PV, PHS, PMDB, PP, PSL, PSC e PROS - o ex-vereador João Luís Ferreira Filho (Joãozinho, PSB), lançou pela segunda vez o seu nome à disputa majoritária pela prefeitura de Limoeiro, tendo como vice o ex-secretário de Agricultura municipal Marcelo Motta, também do PSB. Na ocasião, também foram apresentados os candidatos a vereador na chapa da oposição. Todos os cinco atuais vereadores que atualmente compõem a base oposicionista disputarão reeleição - Zé de Nena, Beto de Washington, Luiz do Matadouro, Juarez e Ciciu. Outros nomes conhecidos, a exemplo de Zé Higino, Batalha dos Mendes, e a convenção ainda contou com a presença do deputado estadual Aluísio Lessa e do secretário Nilton Mota. No evento, também foi exibida uma gravação com a fala de João Campos, externando seu apoio à chapa liderada por Joãozinho.

Na convenção, o assunto era renovação. Não faltavam críticas, principalmente ao atual prefeito Thiago Cavalcanti (PTB) e ao deputado federal Ricardo Teobaldo (PTN). Joãozinho disse em sua fala que "Limoeiro está há dezoito anos nas mãos de uma mesma família, juntando os dez anos do pai do atual prefeito, seis anos do atual deputado federal e agora dois anos do atual prefeito". Houveram críticas à "oligarquia" que se instalou em Limoeiro, dizendo que "o deputado colocou o irmão como deputado estadual, o sobrinho como prefeito e não bastasse ainda quer colocar outro irmão como vereador". Sobrou até para Zé Nilton (PR), candidato a vice da chapa governista. "Tem aí um que meteu o pau no atual deputado durante quatro anos e que agora, na disputa pelo poder, se junta aos mesmos que ele criticou", disse Joãozinho, que ainda teceu elogios e chamou de guerreiros aqueles que estavam "em outro palanque" há quatro anos e que agora somam forças com ele: Nena Barbosa, Zé de Nena, Beto de Washington, Luiz do Matadouro, Batalha dos Mendes, Selma, Marcelo Mota, entre outros.

João Luís Ferreira Filho é comerciante, foi vereador em Limoeiro por dois mandatos (2005 a 2009 e 2009 a 2013). Nesse período, entre 2009 e 2010, ocupou a presidência da Câmara de Vereadores. Em 2012, foi candidato a prefeito, perdendo para Ricardo Teobaldo, que foi reeleito na ocasião. Em 2014, Joãozinho foi candidato a deputado estadual, sempre pelo PSB. Marcelo Motta, o vice, foi até o começo do ano secretário municipal de Agricultura, e depois, atendendo a um convite do Governo do Estado, assumiu um cargo no Estado, até se afastar recentemente para disputar as eleições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...