quarta-feira, 27 de março de 2024

Quem teriam sido os campeões do Nordeste nos anos que o torneio não foi realizado


A Copa do Nordeste hoje é um torneio consolidado no calendário regional, com jogos entre equipes nordestinas que levam público ao estádio. 

A Copa do Nordeste teve sua primeira edição realizada em 1994, voltando apenas entre 1997 e 2003, e depois de uma realização em 2010, só retornou pra valer em 2013. 

Vitória venceu as edições de 1997, 1999, 2003 e 2010. Bahia venceu em 2001, 2002, 2017 e 2021. Sport venceu em 1994, 2000 e 2014, e o Ceará venceu em 2015, 2020 e 2023. O Fortaleza foi o campeão em 2019 e 2022. Nós outros anos os campeões foram América de Natal (1998), Campinense (2013), Santa Cruz (2016) e Sampaio Correia (2018).

Mas e se o torneio tivesse sido realizado nos anos que não foi realizado? Quem teriam sido os campeões?

O torneio não foi realizado nos seguintes anos: 1995, 1996, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2011 e 2012. Baseado em pesquisas feitas, aqui se tem uma ideia de quem teria vencido o torneio em cada ano e a justificativa.

1995: BAHIA - Provavelmente o Bahia teria ganho seu primeiro título. Vinha bem, de uma boa campanha no Brasileirão 1994, e levando em consideração que o torneio era realizado no começo do ano, a base ainda era basicamente a mesma.

1996: SPORT - Provavelmente o Sport ganharia seu segundo título. Em 1996, o Leão da Ilha fez ótimas apresentações, tendo sido campeão pernambucano e 10 colocado na Série A. 

2004: VITÓRIA - Provavelmente o Leão baiano venceria seu segundo título consecutivo. Montou um bom time e chegou até a trazer jogadores renomados, como Vampeta e Edílson, nesse ano. Mas decepcionou no Brasileirão, tendo sido rebaixado.

2005: SANTA CRUZ - Provavelmente seria o primeiro título do Tricolor. Nesse ano, o Santa Cruz foi campeão pernambucano depois de dez anos, e no fim do ano, voltou a Série A do Brasileiro. 

2006: SANTA CRUZ - O Tricolor ainda com a base do ano anterior, provavelmente levantaria seu segundo regional seguido.

2007: SPORT - Outro pernambucano campeão. Seria o período que o futebol pernambucano mais se destacaria, pois nessa época o futebol baiano estava em baixa (em 2006, Vitória e Bahia estavam na Serie C), enquanto o futebol cearense estava ainda longe da sua ascensão. Nesse primeiro momento em 2007, o Leão pernambucano vinha forte. 

2008: SPORT - Alguma dúvida que daria Sport? Nesse mesmo ano foi campeão da Copa do Brasil. Sem contar a invencibilidade dentro da Ilha do Retiro.

2009: SPORT - Provavelmente o terceiro título seguido do Leão, que nesse começo de ano disputou a Taça Libertadores da América, ficando em primeiro em um grupo que tinha Palmeiras, Colo Colo e LDU. 

2011: ASA - Esse foi o mais difícil. O Sport já tinha passado seu auge, o Santa Cruz estava em situação difícil, os baianos ainda estavam tentando retornar ao cenário nacional. E nessa época, os times do interior do Nordeste estavam em alta. Na Série B 2011, chegou a ter três: ASA, Icasa e Salgueiro. Portanto, seria o momento do interior brilhar, e provavelmente, o time alagoano seria o favorito nesse momento. Na Série B, ele não caiu, ao contrário dos outros dois. 

2012: NÁUTICO - Sim, o alvirrubro da Rosa e Silva também teria seu título nordestino. Nesse ano o Náutico havia voltado a Série A, e na elite, fez sua melhor campanha da era de pontos corridos, se classificando para a Sul-americana, sendo inclusive o nordestino de melhor campanha nesse ano. 

Claro, são só possibilidades, foi apenas uma pesquisa baseada em como os times viviam naquele momento. Mas temos que lembrar que zebras existem também. E aí quem teriam sido os campeões?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Kátia Rodrigues fora da programação do São João de Limoeiro

Uma das maiores surpresas da divulgação da programação do São João de Limoeiro foi a exclusão da cantora Kátia Rodrigues da programação. Não...