terça-feira, 25 de janeiro de 2022

'PSB vai perder a eleição em 2022', diz Ricardo Teobaldo

 


Líder do Podemos em Pernambuco e detentor de dois mandatos como deputado federal, Ricardo Teobaldo foi entrevistado na inauguração da agência do INSS de Taquaritinga do Norte pelo programa Cidade em Foco da Rede Pernambuco de Rádios. Teobaldo comentou sobre esse imbróglio envolvendo seu partido, o ex-ministro Sérgio Moro e o União Brasil, falou da possibilidade de Miguel Coelho aderir ao Podemos e sobre as conjunturas da política estadual.

Ricardo Teobaldo se disse muito animado com a sucessão estadual para esse ano. Contou que nada se perpetua no poder por todo tempo. Falou que o que o PSB poderia fazer, já fez e não teria mais nada a acrescentar em Pernambuco. Contou que é hora de oxigenar, de mudar e isso será bom para o Estado. Explicou que Miguel Coelho, prefeito de Petrolina, é um jovem competente, teve quase 80% de aprovação e é chegada a hora e o momento da renovação.

Ricardo Teobaldo diz que a candidatura de Miguel Coelho ao governo do Estado será pelo partido União Brasil. Disse que é zero a chance de a União Brasil não dar a legenda a Miguel, isso já está definido, não tem como voltar, pois Miguel é um candidato que todos os partidos querem na sua legenda, mas sua candidatura vai ser pelo União Brasil e o Podemos vai apoia-lo.

 

Sobre a saída de Sérgio Moro do Podemos e ida ao União Brasil, Ricardo disse não ter informações sobre esse caso, tem conversado com a deputada Renata Abreu, presidente nacional do Podemos, existe essa especulação, mas não há nada definido. Teobaldo falou que o Podemos está focado em fazer chapas, tanto para deputado estadual, quanto para federal, como também vai apoiar Miguel Coelho ao governo do Estado.

Sobre a candidatura de Raquel Lyra, prefeita de Caruaru, ao governo do Estado, contou que ninguém pode desqualificar Raquel, ela é uma liderança, um grande nome e uma excelente gestora. 

  Acredita na possibilidade de uma união entre Miguel e Raquel. Contou que essa eleição será definida em dois turnos, e no segundo a oposição vai estar unida e com grandes chances de vencer. Não tem dúvidas que 2022 será o ano da mudança. “Escreve aí, em 2022 o PSB perde a eleição”

Por Blog de Jamildo  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcelo Motta declara apoio à Marília Arraes

  Ex-vice-prefeito de Limoeiro, Marcelo Motta (Avante) é mais uma liderança a declarar apoio à pré-candidatura de Marília Arraes (SD). Mot...