segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Orlando Jorge é eleito prefeito de Limoeiro

O candidato a prefeito Orlando Jorge (Podemos) foi eleito prefeito neste domingo, 24 anos após ser derrotado na sua primeira tentativa. Orlando teve 12.465 votos, correspondendo a 38,16% dos votos válidos. O segundo colocado foi o atual vice-prefeito Marcelo Motta (Avante), que teve 10.595 votos, com 32,44% dos votos válidos. O atual prefeito João Luís Ferreira Filho (Joãozinho, PSB) amargou a terceira colocação, com 8.644 votos, correspondendo a 26,46% dos votos válidos. A ex-secretária de Educação Rosejara Ramos (Solidariedade) ficou na quarta colocação, com 960 votos, sendo 2,94% dos votos válidos. 

Em 1996, Orlando, então vereador, disputou pela primeira vez a eleição para prefeito, obtendo pouco mais de 9 mil votos, mas ficando atrás do vitorioso Luís Heráclio. Em 2000, Orlando foi eleito vice do próprio Luís Heráclio. 

Orlando Jorge foi vereador (1993-1996), vice-prefeito (2001-2004) e desde 2008, vinha sendo secretário de Saúde em Limoeiro (2009-2016) e em Paudalho (2017-2020). A eleição de Orlando também representa a volta à Prefeitura do grupo liderado pelo deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos), que havia sido derrotado com Thiago Cavalcanti nas eleições de 2016. O vice-prefeito eleito é o ex-vereador Zé de Nena, filho de Nena Barbosa, e que foi vereador de 2013 a 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vereador de Carpina se envolve em polêmica em Unidade Mista

  Um vereador de Carpina se envolveu em uma confusão na Unidade Mista Francisco de Assis Chateuabriand. O vereador Severino Borges da Silva,...