segunda-feira, 17 de junho de 2024

Justiça decide pela elegibilidade do ex-prefeito de Machados, Argemiro Pimentel




O pré-candidato a prefeito de Machados afirma que essa decisão dará um gás a sua disputa eleitoral

O Tribunal de Justiça do Estado decidiu, na manhã desta segunda-feira (17), pela continuação da elegibilidade do pré-candidato a prefeito Argemiro Pimentel, que estava com a candidatura ameaçada por uma ação movida pela Câmara de Vereadores de Machados, através do Vereador José Rogério Silva (PP), que questionava e contestava a prestação de contas da sua última gestão à frente da Prefeitura, no ano de 2018 e colocava em xeque a sua capacidade de se candidatar.

A decisão, tomada pela juíza Mariana Flores Matos Paula, após uma análise minuciosa dos documentos apresentados pela defesa de Pimentel, conseguiu comprovar que todas as acusações feitas contra ele eram infundadas e sem provas concretas. “Visto que os efeitos da acusação eram como sementes de dúvida e injustiça plantadas e que poderiam florescer consequências desastrosas para uma reputação ilibada, como a do pré-candidato Argemiro Pimentel” argumentou a juíza Mariana.

Segundo Argemiro, o relator do processo não sabia explicar quais os agravos apontados nas contas. “Esse processo foi feito de qualquer maneira. Não tinha um relatório que comprovasse nada. Quando foi feito a revelia, fizeram sem me comunicar, eu aqui na cidade disseram que eu não estava. E daí para frente não tinha como eles se basearem em nada, totalmente errados”, afirmou Pimentel.

O ex-gestor de Machados comenta sobre o caso do vereador Silvio Borba (PSB), que pediu o parecer, vista no processo antes de ser votado na Sessão do dia 16 de abril de 2024. “O vereador Silvio Borba questionou o relator Everaldo Francisco (PSB), que não soube explicar. Era uma coisa montada, uma perseguição política para me tirar do pleito de qualquer maneira. Tentaram de uma forma sorrateira fazer eu não disputar as eleições de 2024””, falou Argemiro.

Outro ponto do caso foi quando a vereadora Elis Cunha (PSB), disse na tribuna que o regimento da casa estava ultrapassado, com falhas. Segundo Argemiro, os próprios membros da Câmara Municipal sabiam que aquele processo não poderia ser julgado daquela forma. “A palavra da vereadora constatou o que Silvio Borba falava que independente do regimento interno, tem a Constituição Federal. Um vereador, legislador, deputado estadual, federal e um senador tem que dá a palavra pela ordem, discutir, pedir uma votação. E nada foi feito. Então foi um atropelamento que a justiça jamais aceitaria”, explicou.

      

Decisão Favorável 

 Com a decisão favorável do Tribunal de Justiça, Argemiro Pimentel está oficialmente apto a participar das eleições municipais de 2024, e concorrer ao cargo de prefeito de Machados. A notícia está sendo muito bem recebida, haja vista que a verdade e a transparência de Pimentel sempre foram o elemento-chave para a construção de suas gestões entre os anos de 2014 e 2021. 

Recebida com grande alívio pelos apoiadores e correligionários do político, que acreditam em sua capacidade de governar e transformar novamente a vida dos machadenses. As redes sociais do político está em polvorosa.  “É uma conotação clara, cujo objetivo era me tirar do pleito. Uma perseguição política para me tirar do pleito e me julgar inelegível. Eleição se ganha com voto! Hoje sou pré-candidato e futuramente candidato”, pontuou Argemiro.

Agora, com a questão da elegibilidade resolvida, com uma decisão justa e equilibrada, Argemiro Pimentel segue firme em sua campanha eleitoral, apresentando propostas e ideias para melhorar a Machados e garantir o bem-estar de todos os seus habitantes. A decisão do Tribunal de Justiça reforça a confiança na democracia e no respeito às normas eleitorais, garantindo que todos os cidadãos tenham a oportunidade de escolher seus representantes de forma livre e justa.

Texto e foto Assessoria 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Orlando confirma Zé de Nena como seu vice novamente e quebra tabu

  Na noite desta quarta-feira, em Limoeiro, o prefeito Orlando Jorge (Podemos) oficializou a escolha do atual vice-prefeito Zé de Nena Barbo...