segunda-feira, 7 de novembro de 2022

Cumaru sem vice-prefeita, por motivo inusitado

 

Na semana passada, o município de Cumaru assistiu a renúncia da vice-prefeita Girlene Cardoso, que foi eleita na chapa em 2020 com a atua prefeita Mariana Medeiros. O motivo da renúncia foi inusitado: ela escreveu em carta que se caso a sua candidata a governadora - Raquel Lyra - perdesse no município para a concorrente Marília Arraes, ela renunciaria ao mandato de vice-prefeita. Um detalhe é que Marília teve apoio de todas as principais correntes políticas de Cumaru: a própria prefeita Mariana, a ex-vice-prefeita Nadjane Peixoto, sua antecessora no cargo, e o ex-prefeito Eduardinho Tabosa. Mesmo assim, Raquel teve apenas 24 votos a menos que Marília: 5.460 para Marília e 5.436 para Raquel. O marido de Girlene, Carlindo Pereira, fez um discurso inflamado citando a atual gestão, e ainda anunciou que Girlene deverá ser candidata a prefeita em 2024, oficializando o rompimento com Mariana. Resta saber se Girlene vai transferir o título para outro município, como alegou que faria, também. Mesmo sem mandato, Girlene diz que seguirá com ações sociais no município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Zé Nilton recebe apoio da família Pestana

  Em encontro realizado nesta sexta-feira (19), o vereador Zé Nilton, em sua pré-candidatura à reeleição, recebeu apoio da família Pestana, ...