Prefeito de Limoeiro exonera assessor, procuradora e secretários


O prefeito de Limoeiro, João Luís (PSB), promoveu nove exonerações de comissionados nesta terça-feira (31). Entre os que deixaram a gestão municipal, estão secretários municipais e executivos, assessor e procurador jurídico. Coincidentemente, a saída ocorreu no período limite estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para secretários municipais e dirigentes de autarquias que pretendem disputar cargo de vereador. Nos bastidores políticos, alguns nomes que deixaram a gestão municipal são citados como pré-candidatos.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), secretários municipais e dirigentes de autarquias que planejam disputar cargo de vereador devem se desincompatibilizar dos cargos até o dia 4 de abril, ou seja, 6 meses antes da eleição (4 de outubro). As portarias das exonerações foram publicadas no Diário Oficial dos Municípios (AMUPE). Entre eles, há secretário que já ocupou o cargo de vereador e outros que já foram testados nas urnas. Confira abaixo os secretários exonerados:

Úrsula Nunes – Secretária Executiva da Mulher
Geraldo Muniz – Secretário Executivo de Abastecimento e Compras
Luís Roberto Burégio – Assessor Especial
Luiz Bezerra (Luiz do Matadouro) – Secretário Municipal de Desenvolvimento Agrícola, Meio Ambiente e Pesca
Jadenilson Gomes – Secretário Executivo de Cultura, Turismo e Lazer
Antônio Machado Neto (Neto Siqueira) – Secretário Municipal de Assuntos Jurídicos e Presidente da Autarquia de Ensino Superior de Limoeiro (FACAL – FACJUL)
Cristiane Barbosa – Secretária Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania
Rodrigo Melo (Rodrigo de Duda) – Secretário Executivo de Serviços Urbanos
Tereza Virgínia Heráclio – Procuradora Autárquica (FACAL)

BLOG DO AGRESTE
 

Comentários