terça-feira, 6 de outubro de 2020

Depois de 28 anos, Limoeiro volta a ter mais de três candidatos em disputa pela Prefeitura


Pela primeira vez em 28 anos, Limoeiro tem mais de três candidatos no páreo para a Prefeitura da cidade. Marcelo Motta (Avante), João Luís Ferreira Filho (PSB), Orlando Jorge (Podemos) e Rosejara Ramos (Solidariedade) são os quatro que estão disputando o Palácio Francisco Heráclio do Rego nas eleições deste ano de 2020.

A última vez que Limoeiro havia tido mais de três candidatos foi em 1992, com José Artur Teobaldo (que foi o vitorioso), Márcio Albuquerque, Adauto Heráclio, Hamilton Lima e Virgínia (cinco candidatos). No pleito anterior, em 1988, foram quatro candidatos. 

De 1996 pra cá, Limoeiro tem tido três ou dois candidatos. Foram três em 1996 e 2012 e apenas dois nos demais anos de eleições municipais. Em 1996, Luís Heráclio, que foi o vitorioso, disputou com Orlando Jorge e José Quirino. Já em 2000, a disputa foi entre Luís Heráclio, que foi reeleito, e o então estreante na política Ricardo Teobaldo. 

Em 2004, Luís Raimundo venceu Ricardo Teobaldo, também seu único concorrente. Em 2008, Ricardo Teobaldo venceu a primeira, contra o seu único adversário, o Dr. José Higino. 

No ano de 2012, poderia ter se quebrado o tabu, pois a princípio, se registrou quatro candidaturas: Ricardo Teobaldo, Joãozinho, Dr. Barbosa e Isaac Manacés. Mas Isaac desistiu e passou a apoiar Joãozinho, ficando em três candidaturas.  Ricardo foi reeleito. 

Em 2016, Joãozinho venceu, tendo apenas um concorrente, seu sobrinho, Thiago Cavalcanti. Agora, após vários desdobramentos, fixou-se neste ano o número em quatro candidaturas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Argentina é surpreendida pela Arábia Saudita na estreia na Copa do Catar

  A estreia da Argentina na Copa não poderia ter sido pior - ou poderia. A seleção que foi campeã do mundo em 1978 e 1986 levou 2x1 de vir...