terça-feira, 11 de junho de 2019

Há onze anos, Sport era campeão da Copa do Brasil 2008

Nessa mesma data, há exatos onze anos, o Sport se tornava o primeiro - e até agora o único - clube do Nordeste a faturar o título da Copa do Brasil. Considero pessoalmente essa a maior conquista rubro-negra, apesar de reconhecer que o Leão ganhou o Brasileiro de 1987, também. Mas aquela conquista do Brasileirão acabou perdendo um pouco o brilho por conta que o Sport não teve a chance de enfrentar os gigantes do futebol nacional, principalmente dois deles que foram arrogantes e se recusaram a jogar o quadrangular como previsto.
Já na Copa do Brasil, o Sport só pegou de "moleza" o Imperatriz-MA. No primeiro jogo, foi 2x2 o resultado, e na volta, em Recife, o Leão mandou o Imperatriz para casa por 4x1. Na segunda fase, começariam a surgir as "pedreiras". Primeiro foi o Brasiliense, que na época disputava a Série B e já havia sido finalista de uma Copa do Brasil (2002) e semifinalista em 2007, no ano anterior. Em Taguatinga (Brasília, DF), o Sport obteve a única vitória fora de casa da competição, vencendo por 2x1. No Recife, despacharam os candangos por 4x1.
Chegou a hora de enfrentar times da primeira divisão. Veio em seu caminho o Palmeiras, comandado por Vanderlei Luxemburgo e tido como um dos maiores candidatos ao título. Mas em São Paulo, o Leão segurou um empate de 0x0, e no Recife, o Leão mandou o Verdão para casa com o mesmo placar que havia despachado o Imperatriz e o Brasiliense (4x1).
Na fase seguinte, viria outra pedreira, dessa vez ninguém menos que o campeão mundial de 2006, o Internacional. E lá em Porto Alegre, o Sport foi derrotado por 1x0. Parecia ter chegado ao fim a participação do Leão na Copa do Brasil. Mas na volta, o rubro-negro foi valente no Recife e meteu um 3x1 nos colorados.
Na semifinal, veio o Vasco da Gama, e dessa vez, o primeiro jogo seria no Recife. o Sport venceu o Vasco por 2x0. Mas no Rio de Janeiro, o Vasco devolveu a derrota pelo mesmo placar ao Sport e a disputa foi para os pênaltis. Os rubro-negros conseguiram a classificação para a final por 5x4, calando o Estádio São Januário.
Primeiro jogo da final contra o Corinthians, que mesmo naquele ano estando na Série B do Brasileiro, era um time qualificado. Morumbi, o Corinthians abriu 3x0. Parecia que o Timão estava para se tornar o quarto clube a ganhar a Copa do Brasil estando na Série B (Criciúma, Santo André e Paulista foram os outros). Mas no fim da partida, um gol rubro-negro e o placar ficou 3x1 para os corintianos. Na volta, no Recife, o Sport fez 2x0 e foi o bastante para faturar o título, pois no agregado, havia dado 3x3, mas o Leão levou vantagem pelo gol marcado na casa do adversário. Era a festa rubro-negra e o Brasil se cobrindo de vermelho e preto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Artistas são convocados a "declarar seu amor" por Limoeiro. Falta a cidade corresponder a esse amor

  A Prefeitura Municipal de Limoeiro lançou a Mostra Cultural Virtual sobre Limoeiro, onde cada artista seja de qual área for, poderá se ins...